sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Restart promove refrigerante nas redes sociais

Grupo é marcado por frase antológica de adolescente

Fruto da era digital, o grupo Restart começa a faturar alto graças a redes sociais como Twitter, My Space, Youtube “and so on”. Além do contrato com uma marca de tênis para tuitar com os seguidores, os meninos fecharam outro contrato – esse com a Schicariol - para divulgar a bebida mista Skinka. Até o dia 16 de dezembro, os músicos Pe Lanza, Pedro Lucas, Koba e Thomas vão participar do Desafio Restart – premiando seus fãs com kits personalizados e ingressos para shows.

Eles gravaram um vídeo pedindo para que os fãs respondam, em apenas 140 caracteres (pelo Twitter), o que diriam ao segurança do show do grupo paulista para entrar sem pagar ingresso. A marca da banda já está em chicletes, cadernos, squeezes, álbum de figurinhas e revistas personalizadas. Em 2011, serão lançadas camisetas, mochilas, tênis, lancheiras, estojos, relógios digitais e analógicos.

Fenômeno das mídias digitais, os moleques do Restart – certa vez – cancelaram uma tarde de autógrafos na Fnac da Avenida Paulista, programada para atender 250 pessoas, quando souberam que esperava por eles uma multidão de mais de 3 mil jovens. Houve tumulto, desmaios, deu polícia, muitas lágrimas e uma fã – aos prantos – disse que aquilo tinha sido “uma puta falta de sacanagem”. No que, aliás, tinha toda razão. Tarde de autógrafos de adolescentes na Avenida Paulista, não rola. Se quisesse sacanagem ela deveria ter ido ao Café Photo. A gente perde o amigo mas não perde a piada... Mas como a menina tem todo o direito de protestar, o Blog do Refri abre espaço para suas queixas e lágrimas. Confira:

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário