terça-feira, 31 de maio de 2016

Veja o filme da campanha de Fanta "Leva na boa"



Leva na boa...!

Já é veiculado no horário nobre das emissoras brasileiras o novo filme da campanha mundial de Fanta: "Leva na boa". O filme é bem divertido e está adequado ao público alvo. 

Fanta é uma marca de refrigerantes que detém uma linha variada de produtos e que pertence à The Coca-Cola Company. O produto é comercializado em 187 países em 24 sabores diferentes. No Brasil temos os seguintes sabores: Fanta Laranja (e a versão Zero), Fanta Uva (e a versão Zero) e Fanta Dino.

video

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Fabricante afirma que suco de cranberry auxilia na prevenção da gripe H1N1. Será?


Ah é?

De acordo com um relatório publicado recentemente pelo Ministério da Saúde, o Brasil registrou 400 casos do vírus H1N1 até o dia 21 de março, dos quais resultaram 71 mortes. Certamente, a vacinação é o melhor método de prevenção, mas será que existem formas alternativas de se livrar da doença?

Um estudo científico realizado em 2005 pelo grupo de pesquisa anglo-holandês ScienceDirect comprovou que o suco de cranberry pode ser um forte aliado no combate ao H1N1. Pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém e da Universidade de Tel Aviv indicaram que o material de alto peso molecular não-dialisável (NDM), componente químico presente no suco de cranberry, é capaz de evitar a aderência do vírus nas células sanguíneas. Segundo o levantamento, 125 microgramas/ml do elemento já são suficientes para inibir o vírus da gripe A e até mesmo da gripe B, o que torna o método ainda mais animador, pois a quantidade apresentada pela fruta é 20 vezes superior a esse número.


No entanto, é preciso atentar para os sucos industrializados que contêm muito pouco da composição original do cranberry. “É fundamental que o consumidor brasileiro se atente para a quantidade de fruta que tem no suco de cranberry, já que a grande maioria deles possui aromas, corantes, acidulantes, espessantes e outros ingredientes químicos. Quanto maior a quantidade de frutas e mais natural for o produto, melhor para o consumo”, afirma Edson Mazeto Junior, fundador e diretor executivo da Juxx, fabricante de bebidas de frutas funcionais.

terça-feira, 17 de maio de 2016

Verdade na balança: caldo de cana custa mais que gasolina e batom sai mais caro que avião executivo


Um quilo de avião? Oi?

Você já deve ter se perguntado se os preços de determinados produtos são justos. A intenção desta matéria é mergulhar você, leitor, numa grande confusão ao comparar o preço do litro e do quilo de determinados produtos. Dá pra perder o sono num mercado onde nem tudo vale o quanto pesa. Acredite, num mundo em que tudo fosse vendido pelo valor do litro ou do quilo, o batom que colore as bocas custaria mais caro do que um avião executivo. E um automóvel popular sairia mais barato que o quilo de manjericão para temperar sua pizza. Afinal, o que custa mais caro, um barril com 159 litros de petróleo, o quilo de um automóvel popular ou um litro de adoçante? 

Numa loja de shopping, a consumidora pode optar entre as dezenas de cores dos esmaltes com as grifes Flávia Alessandra, Juliana Paes ou Preta Gil. Se optar pelos de Gio Antonelli – o mais caro entre os que levam nomes de artistas globais - vai desembolsar R$ 5,99 por 8 ml do produto. Assim, um único litro de esmalte custaria R$ 748,75. O preço equivale a mais de 4,5 barris de petróleo – com seus 158,98 litros em cada barril – cotado em US$ 46,17 (R$ 162,93 na conversão das moedas no dia do fechamento desta matéria). A cotação final do barril equivale a muito menos que um único litro de adoçante Stevia que – por R$ 16,59 a embalagem de 80 ml – custaria R$ 207,37.

Mas a comparação pode se tornar ainda mais dramática. Vendido por R$ 79,90 o tubo com 3,5 gramas, o batom MAC Viva Glam Miley Cyrus custaria, se vendido por quilo, a fábula de R$ 22.257. Fabricado pela Embraer, o EMB 820 C Navajo – aquele avião que fez um pouso forçado com Luciano Huck, Angélica e os filhos - é uma aeronave executiva com dois motores e que pesa 1.782 quilos. Para ter um destes, o consumidor deverá desembolsar em torno de R$ 800 mil. Se fizer as contas, o preço do quilo do EMB 820 C Navajo custará R$ 448,93. Ainda bem mais barato que o batom da Miley Cyrus ou o esmalte da Giovanna...

Do hangar para o supermercado, dez gramas de manjericão custam R$ 2,79, o que leva o preço do tempero aromático das pizzas Marguerita para R$ 279 o quilo. O preço equivale a mais de seis quilos de filé mignon. 

Antes de tudo acabar em pizza, o orégano – vendido em embalagens de 10 ml – custa, na verdade, R$ 255 o quilo. O litro da deliciosa água de coco em nossos supermercados (R$ 7,35 em média) e o do quase artesanal caldo de cana (R$ 4,50 em média) custam mais que o litro da gasolina. Como pode um líquido extraído de frutos ter preço mais alto do que um derivado de mineral que precisa passar por refinarias, estocagem, transporte e outros processos tecnológicos?

Com suas 494 calorias e 817 mg de sódio, o Big Mac custa R$ 13,50. A combinação de dois hambúrgueres, alface, queijo e molho especial, cebola e picles num pão com gergelim pesa em torno de 200 gramas. Um quilo do sanduíche - R$ 67,50 – sairia o dobro do preço do carro popular Gol devidamente fatiado. Cotado em torno de R$ 35 mil, o veículo da Volkswagen pesa 1.043 quilos. Feitas as contas, ele custa R$ 33,55 o quilo. Se deixar de comprar pouco mais de dois mil sanduíches, você sai por aí de carro novo. 

Quem sabe as concessionárias de automóveis devessem expor os preços de seus produtos pelo valor do quilo? O cliente talvez se sentisse muito mais atraído pelas ofertas em cartazes semelhantes aos do varejo de supermercado – principalmente nestes tempos de crise.

sábado, 14 de maio de 2016

Novo Maguary Fruit Shoot é grande aposta da ebba


Fruit Shoot!

A ebba (eles usam em minúsculas) – empresa brasileira de bebidas e alimentos, detentora das marcas Maguary e Dafruta - apresenta sua grande inovação: Maguary Fruit Shoot, novidade que carrega a essência de confiança e qualidade do suco de fruta Maguary com a energia que as crianças precisam. Com um conceito ao mesmo tempo cool, criativo e aventureiro, Maguary Fruit Shoot chega ao mercado trazendo uma embalagem atrativa e diferenciada, com cores vibrantes e formato anatômico, que oferece total praticidade e conveniência para o público infantil. 

Em garrafa squeeze de 275ml e uma tampa abre e fecha, com válvula protetora, que irá tornar a experiência ainda melhor, o produto chega às gôndolas nos quatro sabores favoritos das crianças: uva, morango, laranja e maracujá. Todos enriquecidos com as vitaminas B6 (mais energia), D (fortalece os ossos), B12 (ajuda a manter as células saudáveis) e Zinco (reforço na imunidade) e sem corantes e aromas artificiais em sua fórmula.

“O lançamento de Maguary Fruit Shoot é uma grande aposta para o mercado nacional, especialmente na categoria de pronto para beber voltado ao público de crianças de 8 a 12 anos. O design exclusivo da garrafa garante maior firmeza para a criança e a associação com aventura busca incentivá-las a saírem mais de casa e experimentarem outras atividades que reforcem a sua imaginação”, afirma Fábio Levalessi, diretor comercial da ebba.

No primeiro momento, o produto será comercializado na Grande São Paulo, para depois ser distribuído em território nacional. De acordo com Levalessi, “o lançamento em São Paulo é uma decisão da Britvic ebba para aproveitar a força da marca Maguary e sua liderança em Sucos Concentrados e PPB 1L na região”. O diretor comercial da ebba aponta, ainda, para a propensão de sucesso do produto, que teve ótima recepção em pesquisas realizadas pela empresa. “Aproximadamente 75% dos pais disseram que o sabor do produto superou suas expectativas e 60% dos participantes definitivamente recomendariam o produto para outros consumidores”.

Maguary Fruit Shoot é o primeiro produto da Britvic lançado no Brasil. O grupo britânico adquiriu a ebba em outubro de 2015, buscando expandir sua operação internacionalmente e acelerar o ritmo de crescimento da empresa brasileira, ainda mais, no país. A ebba registrou um crescimento de mais de 100% em 3 anos, sendo 40% de seu rendimento representado por lançamentos. O novo produto surge como o primeiro esforço da aliança entre os dois grupos, para alcançar uma fatia ainda maior do mercado nacional de bebidas não alcoólicas.

Sobre a ebba

A ebba, empresa brasileira de bebidas e alimentos S/A, que pertence ao grupo Britvic PLC, uma das maiores companhias do mundo no setor de bebidas não alcóolicas, foi constituída em 2009, com o intuito de unir as duas maiores marcas de sucos concentrados do País, Maguary e Dafruta. Se consolidou como principal e mais diversificado player da categoria, com o maior mix de sabores e um portfólio completo de sucos concentrados, prontos para beber, chás, água de coco e purês de frutas.

Com unidades industriais em Aracati (Ceará) e em Araguari (Minas Gerais), a empresa possui uma capacidade anual de processamento de aproximadamente 40 mil toneladas de fruta e produção de mais de 200 milhões de litros de suco. A ebba se destaca como uma empresa sólida e competitiva que possui expertise em todo o processo de produção, desde o acompanhamento da colheita até o envase da fruta já processada e conta com rígidos e completos controles de qualidade que garantem diversas certificações nacionais e internacionais.

Além das unidades fabris, possui mais dois centros de distribuição, um em Diadema (São Paulo) e outro em Recife (Pernambuco), o que permite uma logística eficiente, com acesso aos polos produtores de frutas e aos principais mercados consumidores do País. Devido aos rígidos controles de processos e aos mais criteriosos certificados de qualidade nacionais e internacionais, exporta polpa e produto acabado para mais de 20 países, entre eles Estados Unidos, Argentina, Inglaterra, Tailândia e Japão e é a maior exportadora de polpa de açaí do mundo.

Sobre a Maguary


Com mais de 60 anos de história e tradição, a Maguary é líder absoluta em sucos concentrados e Top of Mind na categoria. Em prontos para beber ocupa a vice-liderança nacional do mercado e possui um crescimento progressivo. Focada em inovação, a marca busca estar presente em diversos momentos da vida de seus consumidores, seja com produtos e sabores, seja com tamanhos específicos de embalagens para atender cada necessidade. Em 2015, a Maguary marcou sua entrada em novos segmentos e nichos de mercado, como chás e purês de frutas. A marca tem a missão de inovar na categoria e proporcionar aos clientes e consumidores uma experiência única, aliando naturalidade e praticidade.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Palmeiron investe em qualidade de suco de uva


Uma delícia...!

Com características que a colocam entre os melhores sucos integrais do mundo, a nova linha de sucos Casa de Vinhas é um dos destaques da Palmeiron. Os investimentos na linha de produção foram de aproximadamente R$ 1,2 milhão. Atualmente estão sendo produzidos cerca de um milhão de litros de suco Casa de Vinhas por ano.

Produzido no Vale do São Francisco, Sertão de Pernambuco, o ‘Casa de Vinhas’ é 100% natural. Com um sabor diferenciado, o produto vem sem adição de conservantes ou aditivos e com elevada concentração de substâncias benéficas ao corpo, que garantem alta qualidade. 

A uva utilizada na fabricação do suco integral é cultivada na EBFT – Empresa Brasileira de Frutas Tropicais. As videiras são podadas em sequência, proporcionando colheita o ano todo, de janeiro a dezembro. O suco é processado na ASA Indústria e Comércio, proprietária da marca Palmeiron, e segue para o mercado de várias regiões. 

Para medir o grau de qualidade e benefícios do Casa de Vinhas, foram feitas comparações com informações publicadas sobre sucos integrais produzidos em todo o mundo. A conclusão foi de que os sucos de uva Casa de Vinhas apresentam maiores concentrações de substâncias saudáveis que os sucos de outras regiões do planeta.

As características de cor, sabor e aroma foram definidas através de estudo de blendagem de vários tipos tipo de uva até se chegar ao padrão distinto do ‘Casa de Vinhas’, garantindo sua qualidade e produtividade, desde o plantio até o envase do produto. A padronização de produção é obtida através de um rígido controle de qualidade, em todas as etapas, desde o plantio, colheita e processamento. Uma vez pasteurizado, o ‘Casa de Vinhas’ é envasado em garrafas de 300 ml, 500 ml e 1 litro. Conheça mais no site www.asanet.com.br 

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Tese de que vitamina C previne gripes é rechaçada

E a limonada, como fica?


O hábito de consumir cápsulas efervescentes ou ingerir sucos de laranja, limão ou acerola para a reposição da vitamina C em épocas de baixas temperatura - como outono e inverno - não é mais comprovado como prevenção da gripe.

Com a queda na temperatura nos estados das regiões Sul e Sudeste do Brasil, é comum que a população seja acometida por gripes e resfriados e para prevenção, muitos fazem uso diário de cápsulas efervescentes de vitamina C, que são vendidas indiscriminadamente em farmácias e sem necessidade de prescrição médica. Porém, não há evidência científica que comprove que o uso do nutriente previna o surgimento de infecções como gripe (incluindo o H1N1) e resfriados. 

O apontamento é da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC), a partir de revisão sistemática do Cochrane Database of Systematic Reviews. “Nos anos 70 passou a ser amplamente divulgado que a vitamina C poderia prevenir ou até mesmo tratar resfriados, porém isso passou a ser questionado e mais estudado recentemente. Uma revisão sistemática da Cochrane que incluiu vários estudos comparativos, envolvendo mais de 11 mil pessoas concluiu que o efeito preventivo ou curativo da vitamina C não passa de um mito", explica Rodrigo Lima, diretor de comunicação da SBMFC.

Com essa revisão foi constatado que os participantes que ingeriram pelo menos 0,2 gramas de vitamina C por dia não tiveram modificação na incidência do resfriado, o que significa que não é eficaz na prevenção da doença. Em outra abordagem, pela mesma revisão, 31 estudos que somam mais de 9 mil participantes, constou que esse consumo influencia apenas em pequena redução da duração de sintomas de resfriados. O resultado dessas revisões, comenta Lima, indica que não houve efeito preventivo ou até uma amenização dos sintomas, quando o resfriado acometeu os participantes do estudo. Dados indicam que o uso da vitamina C, mas no início do resfriado pode ser considerado útil, porém são necessários mais estudos que indicam que a vitamina C tenha algum benefício no tratamento da gripe e resfriado.

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Chá de Hibisco x Chá Verde: qual o melhor chá para turbinar o seu emagrecimento ???



 As diferenças entre os chás

O chá é uma das bebidas mais populares no mundo, além da grande variedade de aromas e sabores capazes de agradar qualquer paladar, seus efeitos medicinais e curativos justificam sua fama. Nos últimos anos, o poder terapêutico dessas bebidas ganhou ainda mais destaque com o aumento do consumo de ervas antes conhecidas apenas por culturas milenares, especialmente com o objetivo de perder peso. Desde então, é comum ouvir que determinada infusão é o “chá do momento” para potencializar a queima de gordura e ajudar na luta contra balança. Nessa onda, o chá verde se tornou um dos queridinhos no quesito emagrecimento, figurando entre os mais recomendados. Agora, fala-se cada vez mais do chá de hibisco como o mais novo aliado na luta contra a balança. Porém, isso significa que o hibisco é mais potente que o chá verde para a perda de peso? Vale a pena fazer a tro ca? Esclareça suas dúvidas a respeito das principais diferenças entre essas poderosas plantas e qual delas é mais adequada para sua dieta.

Propriedades naturais

Uma das maiores preocupações daqueles que desejam entrar em forma, indiscutivelmente, é a saúde. Essa é a razão pela qual o uso de chás na luta contra balança se tornou tão popular, suas propriedades totalmente naturais podem representar uma forma muito mais prática e segura de acelerar a perda de peso.

Nesse quesito, tanto o chá verde quanto o chá de hibisco estão empatados: a origem dessas plantas é, no mínimo, próxima.  Enquanto o chá verde é extraído das folhas da planta chinesa Camellia Sinensis, o chá de hibisco é feito a partir das folhas e botões da flor Hibiscus Sabdariffa. Mas, cabe uma explicação: ao contrário do que muitos podem imaginar, não se trata daquela flor vermelha de cabinho longo, facilmente encontrada nos jardins. A variedade utilizada para preparo do chá de hibisco é conhecida por aqui como caruru-azedo ou vinagreira, e é de origem incerta, normalmente associada à África e Ásia.

Largamente associadas à dietas de perda de peso, essas ervas também possuem propriedades muito benéficas à saúde como um todo, aumentando as dúvidas sobre qual delas é mais potente e pode tornar o processo de emagrecimento mais eficaz. De acordo com a nutricionista Sinara Menezes da Nature Center, especializada em produtos naturais “Ambos possuem características benéficas, inclusive similares, para perda de peso. Porém, alguns fatores podem tornar uma qualidade de chá mais indicada para determinada pessoa: restrições e preferências podem determinar qual variedade se encaixa melhor na dieta. Por isso, é preciso avaliar isoladamente as propriedades de cada chá, seus efeitos no organismo e até mesmo sua aceitação em relaç ão ao paladar.” – explica.

Pontos em comum:

Reduzem a pressão arterial: Ambos possuem propriedades vasodilatadoras capazes de proteger o coração e reduzir a pressão sanguínea. O chá verde aumenta a produção de óxido nítrico, responsável por estimular a dilatação das artérias e aumentar a oxigenação sanguínea. O mesmo efeito é obtido através do consumo do chá de hibisco. A alta concentração de antocianina, poderoso antioxidante, proporciona aumento do fluxo sanguíneo e, consequentemente, redução da pressão arterial. Estudos evidenciam que o efeito vasodilatador proporcionado por essas ervas pode até mesmo prevenir contra problemas cardiovasculares.

Reduzem o colesterol: pesquisas apontam que ambos os chás são capazes de reduzir o colesterol ruim (LDL). A alta concentração de flavonoides presentes no chá verde, especialmente as catequinas, combatem dois processos nocivos à saúde: a oxidação do LDL e a formação das placas ateroscleróticas (que podem levar ao entupimento de artérias). O consumo do chá de hibisco também pode auxiliar na diminuição da absorção do colesterol ruim, graças às antocianina, flavonoides capazes de aumentar a reduzir os níveis de LDL e triglicerídeos, além de aumentar o colesterol bom (HDL).

Fortalecem o sistema imunológico: o chá verde tem sido associado à melhora do sistema imunológico graças à sua ação antioxidante e antimicrobiana. Pesquisas evidenciam que pessoas que consomem a bebidas estão menos sujeitas à resfriados, infecções virais e bacterianas.  A mesma ação é obtida através do chá de hibisco graças à alta concentração de vitaminas A e C, que ajudam no fortalecimento das funções imunológicas e no combate ao envelhecimento precoce.

Podem ajudar no combate à diabetes: quando consumidos sem açúcar, ambos podem ajudar a combater fatores ligados ao surgimento da diabetes tipo 2, como colesterol, triglicerídeos e até mesmo a obesidade. Graças à sua propriedade alcalina, o chá verde pode auxiliar no controle da glicemia, favorecendo o pâncreas (secretor de insulina) e reduzindo os níveis de concentração de açúcar no sangue. Especialistas afirmam que a catequina presente no chá hibisco também auxilia no metabolismo do açúcar, estimulando a produção e insulina. Estudos apontam que o consumo de pelo menos 4 xícaras deste chá por dia, juntamente com uma dieta adequada, podem reduzir as chances do surgimento da doença.

Emagrecem: certamente uma das questões de maior interesse de seus adeptos é também uma das principais vantagens de ambos os chás – tanto chá verde quanto chá de hibisco podem auxiliar na perda de peso graças à capacidade de acelerar o metabolismo. Ambos possuem efeito termogênico, que potencializa a queima de gordura e elevam o gasto metabólico basal. Como possuem propriedades diuréticas, combatem o inchaço e o acúmulo de toxinas do organismo, melhorando até mesmo o aspecto da pele.



Principais diferenças:

Diurético X Laxante: Ambos têm efeito diurético, ou seja, combatem a retenção de líquidos e eliminam toxinas. Porém, o chá de hibisco também possui propriedades laxativas, que graças à sua alta concentração de fibras, podem combater a constipação e o intestino preguiçoso.

Calmante x Estimulante: Por possuir efeito termogênico, o chá de hibisco pode ser confundido com um chá estimulante, porém não se engane: o efeito dele é justamente o contrário – relaxante e calmante. Já o chá verde possui alta concentração de cafeína e, justamente por isso, aumenta o estado de atenção e agitação, além de espantar a fadiga.

Valor nutricional: Ambos são ótimas fontes de vitaminas, porém o chá de hibisco diferencia-se pela sua alta concentração de cálcio, potássio, ferro, fósforo e magnésio. Além de fortalecer a saúde óssea, esses sais minerais favorecem a saúde como um todo.

Produção de hormônios: estudos buscam elucidar a influência dessas ervas sob a produção e ação dos hormônios no organismo. Evidências apontam que o chá verde é capaz de reduzir a ação do cortisol, hormônio responsável pelo stress e pelo acúmulo de gordura abdominal. Apesar de carecer de maiores provas, esse indício corrobora ainda mais a eficácia do chá em relação ao emagrecimento.

Sabor: o chá verde é conhecido por sua coloração forte e sabor amargo. Mesmo assim, seus benefícios ao organismo compensam o consumo. Porém, para aqueles que consideram a bebida literalmente difícil de engolir, o chá de hibisco pode ser uma escolha mais prazerosa e com o mesmo efeito emagrecedor – suave, pode ser comparado levemente com o sabor de framboesa.



Cautela é fundamental

Diante de tantas informações algumas observações devem ser feitas a respeito do consumo dessas ervas: a cautela e acompanhamento de um nutricionista para sua inclusão na dieta é fundamental. É recomendado que, independente da escolha, não se ultrapasse 4 xícaras da bebida por dia. O excesso pode sobrecarregar os rins e produzir efeitos significativos sob o sistema nervoso central: no caso do chá verde, insônia e dores de cabeça, já o chá de hibisco, sonolência e dificuldade de concentração. “Justamente por isso, é sempre recomendado consumi-los moderadamente. De preferência ao longo do dia, afim de não exercer grande impacto sob o sono.” – explica Sinara. Da mesma forma, idosos, gestantes e nutrizes devem evitar o consumo deliberado de qualquer substância, e pessoas com histórico de problemas de pressão conhe cidos devem ter cautela, uma vez que ambos os chás surtem efeito sob a pressão arterial.

Palavra da nutricionista

Porém, a dica mais importante da profissional Sinara Menezes é “Combinar a ingestão de chás funcionais com uma dieta equilibrada e a prática de exercícios. Nenhum chá é capaz de fazer milagre sozinho, mas é um grande potencializador de resultados quando faz parte de um programa de reeducação alimentar. Eles podem auxiliar no controle do apetite e dar mais energia para prática de atividades físicas.” Outra boa notícia é que você não precisa necessariamente optar por um deles “A eficácia de ambos permite alternar o consumo regularmente afim de variar a dieta. O recomendado é preparar o chá a partir das folhas em água morna e consumi-lo sem açúcar. Dessa forma conserva-se ao máximo as propriedades da erva. Porém, para aqueles que desejam uma solução mais prática, já e xistem versões solúveis ou em cápsulas tão eficazes quanto os chás tradicionais, facilitam a ingestão no dia-a-dia e proporcionam os mesmos benefícios.” – finaliza.

Fonte: Nature Center

terça-feira, 10 de maio de 2016

Refrigerante Facebook! Vai compartilhar?

A foto é meramente ilustrativa e não se refere ao produto citado na matéria

Facebook derrota a China

O uso de grandes marcas ocidentais em produtos de outros ramos de atividade é uma prática comum na China. Recentemente, alguém teve a ideia de dar o nome Facebook a um refrigerante. Sempre atento, o gigante de redes sociais levou o caso à justiça daquele país. A Alta Corte Municipal de Pequim determinou que a empresa chinesa Zhongshan Pearl River Drinks não poderá usar o nome "Facebook" em seus produtos.

Em 2011, a empresa apresentou um pedido para usar a marca registrada por Mark Zuckerberg. Uma aprovação inicial foi concedida para a fabricante, especializada em mingaus e bebidas lácteas.

A decisão levou à especulação de que o Facebook pode estar prestes a penetrar no mercado chinês que, atualmente se recusa a permitir a entrada de sites ocidentais, incluindo a rede social.

Os chineses têm mania de "roubar" marcas ocidentais. No mês passado, a Apple perdeu uma batalha judicial ao tentar impedir que uma empresa chinesa usasse a marca "iPhone" em artigos de couro.

A autoridade responsável pela discussão da propriedade intelectual concluiu que a intenção da Zhongshan Pearl River Drinks era tirar proveito financeiro, infringindo as regras de uma concorrência justa. Acabou por dar razão à rede social que continua inacessível no país.


sábado, 7 de maio de 2016

Apas 2016: Ultrapan lança sabores


Monossabores? WTF?

A Ultrapan, empresa de bebidas localizada em Valinhos, está presente na 32ª edição da Feira APAS (Associação Paulista de Supermercados) com os lançamentos Frutaria 100% Integral, Frutaria Kids e Frutaria Monossabores, Ken Up Sabores e com outros produtos do seu amplo portfólio, como o Dr Up (antirressaca que teve sua fórmula alterada) e Power Bull. O evento acontece entre os dias 02 e 05 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Dois lançamentos – o Frutaria 100% Integral e o Monossabores - também poderão ser degustados em outros locais da feira. Além de estarem presentes no estande de 108 m2 - localizado no Pavilhão Azul, Rua B7, n° 232, da Ultrapan, também estão na Sala VIP e nos estandes da BRF e da Sell Propaganda. 

A parceria com a Apas e com as outras marcas faz parte da estratégia de marketing da empresa em divulgar em amplo espectro na feira produtos que prezam pela saudabilidade em sua fórmula, mas que também sejam práticos para o consumo. “Este ano, a Ultrapan participa da Apas de maneira bastante ativa, pois estamos com muitos lançamentos, especialmente na área de saudabilidade, setor de alimentação que está em crescente demanda”, afirmou a gerente de marketing da Ultrapan Vivian Zamoner. 

Os Lançamentos da Ultrapan na Apas

✓ Frutaria Kids

É uma opção nutritiva e divertida para a lancheira e para o dia a dia das crianças. Nas versões: maçã; laranja integral; uva integral; maçã integral; uva e beterraba; e maçã, laranja e cenoura; as bebidas são comercializadas em práticas embalagens de 200 ml, com preço sugerido de R$ 2,70.
Conheça os sabores
1. Misto de maçã, uva e beterraba: Adoçado com suco de maçã, essa versão conta com polpa de beterraba, além de vitamina C e suco concentrado. O produto não contém glúten e possui 100 calorias. 
2. Misto de maçã, laranja e cenoura: Com vegetais presentes na fórmula, adoçado com suco de maçã e laranja, o produto conta com polpa de cenoura. Com apenas 88 calorias, ainda não contém glúten.
3. 100% laranja integral: O Frutaria Kids Integral foi elaborado com 100% de laranja e possui apenas o açúcar da própria fruta em sua concentração natural. Com 88 calorias, rico em vitamina C e fibras, não contém glúten, corantes, aromatizantes e conservantes. 
4. 100% uva integral: Com 100% de uva, possui apenas o açúcar da própria fruta em sua concentração natural. Sem a presença de corante e conservantes, a opção nutritiva e divertida possui apenas 120 calorias e é isenta de glúten. 
5. Maçã: Elaborado com 100% da fruta, a opção saudável e nutritiva é rica em vitamina C. Adoçado com a própria fruta, é isento de glúten, corantes e conservantes e possui apenas 77 calorias. 

✓ Frutaria Integral

Nos sabores laranja e uva, o Frutaria 100% Integral é indicado para os consumidores que prezam por hábitos saudáveis e que buscam produtos de alta qualidade. Sem a adição de açúcar, com 100% de concentração de polpa e qualidade superior, o suco possui ingredientes naturais presentes nas próprias frutas e vegetais e, além disso, é livre de aromatizantes e corantes artificiais. O Frutaria 100% pode ser encontrado em embalagem de 1 litro. Preços Sugeridos: Frutaria Integral sabor Laranja: R$8,99. Frutaria Integral sabor Uva: R$9,99.

✓ Frutaria Monossabores 

Com inúmeros benefícios à saúde e qualidade superior, o Frutaria Monossabores possui ingredientes naturais presentes nas próprias frutas e vegetais. Sem adição de aromatizantes e corantes artificiais, conta com maior concentração de fruta. Os lançamentos podem ser encontrados nos sabores de pêssego, manga e goiaba. É comercializado em embalagem de 1 litro e o preço sugerido é de R$6,99 à R$7,99.

✓ Tetra Prisma 

Em embalagem fácil e prática, o Tetra Prisma foi elaborado na medida certa para consumir em movimento (on the go). As embalagens cartonadas são produzidas pela Tetra Pak, possuem oito lados e a prática tampinha DreamCap™, que além de possuir um fechamento ergonomicamente projetado, tem uma maior abertura e altura, possibilitando que a bebida atinja as papilas gustativas. O sistema de rosqueamento da tampa ainda permite que o produto seja aberto e fechado a qualquer momento. A nova embalagem está disponível para os produtos Frutaria Integrais (Uva e Laranja), Funcionais (Detox, Antiox e Osteo) e nos Monossabores (Manga, Goiaba e Pêssego). Preços sugeridos: Frutaria Integrais: de R$ 4,00 a R$ 4,50/ Frutaria Funcionais: de $ 4,50 a R$ 4,80 /Frutaria Monossabores: de R$ 3,30 a R$ 3,50

✓ Ken Up Sabores 

A linha de néctares Ken Up acaba de ganhar novos sabores: Pêssego, Uva e Maracujá. A previsão é que as novidades recheiem as prateleiras a partir do mês de julho. Isento de glúten, os lançamentos prometem agradar crianças e famílias, além de serem “on the go”, facilitando o consumo em movimento para o público que possui a rotina agitada. Garrafa Pet 250 ml nos sabores Laranja: R$ 1,99, Garrafa Pet 450 ml nos sabores Laranja, Limão, Pêssego, Uva e Maracujá: R$ 2,59, Garrafa Pet 1 Litro: Limão e Uva: R$ 3,99, Garrafa Pet 2 Litros: Limão e Uva: R$ 7,19, Embalagem Tetra 200 ml: Uva e Laranja: R$ 1,50 a R$ 2,00, Embalagem Tetra 1 Litro: Uva, Laranja e Maracujá: R$ 3,00 a R$ 4,00

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Água alcalina no dia a dia


Saúde e vida


Você já ouviu falar em água alcalina? Conhece os benefícios que ela pode trazer à sua saúde? Quando nascemos nosso organismo tem ph Alcalino, que significa que todo o nosso organismo está equilibrado. Com o passar do tempo a nossa vida vai ficando cada vez mais agitada e passamos a consumir alimentos industrializados, frutas e verduras com agrotóxicos, a termos uma dieta não balanceada, enfim, e tudo isso faz com que nosso corpo acabe ficando cada vez com maior acidez.

Aumentando a acidez do nosso organismo, aumentamos a chance de desenvolver doenças e outros problemas de saúde como o envelhecimento precoce. E como evitar que isso aconteça? Equilibrando novamente o ph do nosso corpo. A água alcalina faz exatamente isso. Ela equilibra nosso organismo e melhora a nossa qualidade de vida.

Alguns benefícios da água alcalina:
- Reduz o risco de diabetes, obesidade, colesterol, triglicerídeos e hipertensão;
- Combate o envelhecimento precoce, pois possui ação antioxidante que combate os radicais livres nocivos convertendo-os em oxigênio que seu corpo pode usar para produzir energia e oxigenar os tecidos;
- Desintoxica o organismo, uma vez que limpa os resíduos ácidos das células e dos tecidos;
- Aumenta o poder de hidratação, já que no processo da água comum se transformar em alcalinizada ocorre a quebra das partículas em micro clusters que são mais facilmente absorvidos pelas células;

Nós não precisamos parar de consumir nada do que já comemos e bebemos, basta acrescentar água alcalina no dia a dia. Por exemplo, ao fazer um suco, você pode optar por fazê-lo com água alcalina ao invés de água comum. Você pode cozinhar a sua comida ou hidratar-se ao longo do dia apenas com água alcalinizada.

Nas boas casas de produtos naturais você pode adquirir um produto alcalino chamado Dolomita e colocar uma única pedra no seu recipiente de 20 litros de água mineral. Isso vai aumentar a alcalinidade da água. Existem também alguns purificadores de água que podem transformar a água comum em alcalina, alguns mais caros e outros com preços menores, mas que têm a mesma capacidade. Uma dessas empresas é a Capi Regina’s,  localizada em São Carlos, interior de São Paulo.

A empresa possui um produto chamado Purificador Alkaline que é o produto com o menor preço do mercado (R$ 199,90) e é vendido para todo o Brasil, podendo ser encontrado em diversas lojas do ramo.

A nossa saúde é um dos bens mais preciosos que temos. E para ajudar a melhorá-la, muitas vezes não e necessário fazermos grandes mudanças em nossa rotina. Incorporando a água alcalina no seu dia a dia, você melhora a sua saúde e continua no seu ritmo de vida.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Varejistas vão conhecer Coca-Cola Stevia


Degustação na Apas

A Coca-Cola FEMSA Brasil aproveita a 32ª edição da Feira Apas (Associação Paulista de Supermercados) para apresentar seu mais novo lançamento: Coca-Cola Stevia. Com uma mistura de stevia, um adoçante de origem natural, e 50% menos açúcares, o produto é parte do compromisso mundial da companhia de oferecer opções para quem quer reduzir o consumo de açúcar, sem precisar abrir mão do prazer de beber uma Coca-Cola.


O novo produto começa a ser vendido em maio e terá presença e destaque nos principais pontos de venda no país. Inicialmente estará disponível nas embalagens PET de 1,5 litro e lata de 350 ml e terá o mesmo preço da Coca-Cola original.


Os varejistas presentes na Apas terão oportunidade de conhecer e degustar o produto antecipadamente. A empresa preparou um espaço especial: um estande de 175m², feito com base nos Jogos Olímpicos, onde os visitantes poderão desfrutar de três grandes ambientes. No térreo, um bar com exposição e degustação das marcas: Coca-Cola Stevia, Heineken e Del Valle. No mezanino, haverá duas salas, uma com foco em Amstel e outra de Novas Categorias, onde estarão expostos alguns dos outros produtos da companhia.


Para levar ao público a emoção dos Jogos Olímpicos, o estande contará com a exposição da Tocha Olímpica. Os visitantes poderão interagir com o ícone olímpico. Desde 1928, quando participou dos jogos de Amsterdã, a Coca-Cola apoia e é a patrocinadora oficial dos Jogos Olímpicos.


“Para nós da Coca-Cola Femsa é muito importante e gratificante participar dessa feira, um evento que promove a integração entre o consumidor, a indústria e o fornecedor, garantindo o sucesso dos negócios. É por isso que participamos há mais de 30 anos da feira. Estamos muito felizes em conseguir apresentar a Coca-Cola Stevia em primeira mão para os varejistas na Apas”, afirma Luciano Sá, gerente de Publicidade, Promoções e Eventos da Coca-Cola Femsa Brasil.


O EVENTO


A Apas 2016 traz o conceito Perspectivas e Oportunidades porque acredita que para traçar o caminho do empreendedorismo é preciso manter-se atento, antecipar os desafios e prever o momento oportuno.


O tema “Perspectivas e Oportunidades” se concretiza como o fio condutor de todas as palestras, trabalhando uma influência mais positiva nas áreas supermercadistas e no potencial das próprias pessoas para aproveitar ao máximo as oportunidades que surgem.


Reconhecida mundialmente como a maior Feira supermercadista da atualidade, a feira reúne toda a cadeia supermercadista do Brasil e do exterior em um evento totalmente segmentado, com expositores de diversos países. Além de ser um encontro para relacionamento e negócios, a Feira é uma grande oportunidade para ver lançamentos de produtos, as últimas novidades e as tendências do mercado. É a oportunidade perfeita de aparecer para os maiores do mercado e ampliar suas perspectivas de negócios.



São esperados aproximadamente 74 mil visitantes durante a feira, entre empresários do setor de supermercados e executivos do varejo de todo o país e do exterior, durante os quatro dias de evento.