terça-feira, 31 de maio de 2011

Vai ter novidade assim lá na casa do chapéu!

Energético lança versão de um litro

Empresa que produz vasta linha de não-alcoólicos - água mineral, água saborizada, água tônica, chás, energéticos e isotônicos – a Comexim Bebidas acaba de lançar o energético Carbon na versão “Original” de 1 litro, de olho no crescimento do consumo deste tipo de bebida no Brasil nos últimos cinco anos.

A nova embalagem é uma extensão da linha que, com o lançamento, passa a contar com quatro versões: “Sugar Free”, “Original” e “Cherry” – estas três em lata PET de 280 ml. Lata PET é uma combinação de tampa de alumínio e o “corpo” do produto transparente.

Entre 2006 e 2010, o consumo de energéticos cresceu 325%, enquanto a venda de sucos (a segunda no ranking das que mais ganharam mercado) teve acréscimo de 53%. O aumento do poder de compra da população é um dos motivos que explicam o crescimento.

SP: bebida de soja grátis no metrô

Os paulistanos já podem degustar gratuitamente o produto Naturis Soja sabor iogurte. A ação, criada pela Batavo e a agência de promoção Bullet, acontece a partir desta segunda-feira, dia 30, - e enquanto durarem os estoques - nas estações da Linha 2 (verde), que interliga a Vila Madalena à Vila Prudente do Metrô. Um sampling machine libera o produto de 180 gramas - da linha de alimentos refrigerados à base do grão de soja - assim que o usuário envia uma mensagem de texto com a palavra “Naturis” para o número 30120, estampado nas máquinas. Serão entregues 30 mil unidades.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Crise no Japão atinge o refrigerante


Super Mario de refri

Essa imagem surgiu na rede e até em sites de notícias. O autor da obra-prima de supermercado é desconhecido. A imagem reproduz o Mario, seu irmão Luigi, e um cogumelo (?) feito de latinhas de refrigerantes.

Japão quer acabar com uma tradição

As vending machines - grande sucesso nas ruas, escritórios e até em templos religiosos do Japão há 50 anos – estão ameaçadas de extinção. Uma campanha de economia de energia no país - abalado por terremoto, tsunami e acidente nuclear – prega o fim das mais de 5 milhões de jido hanbaki (como são chamadas lá) que vendem refrigerantes, livros, guarda-chuvas, flores, gravatas e tudo mais que você imaginar. Somente a Coca-Cola tem 980 mil máquinas na terra do sol nascente.

Mas segundo o coleguinha André Sanchez Braun, da agência EFE, os problemas no fornecimento de energia elétrica após o 11 de março estão mudando a percepção destes aparelhos no país, especialmente os que vendem bebidas, que consomem muita energia pois oferecem latas com bebidas quentes ou geladas. Segundo o Centro Japonês para a Conservação de Energia, três destas máquinas de bebidas consomem o mesmo que a média de uma família japonesa. O negócio era tão forte que existe até uma Associação Nacional de Fabricantes de Máquinas Vendedoras.

sábado, 28 de maio de 2011

O refrigerante salutar e a mistura explosiva


Mineirinho no tatame

Durante muitos anos o slogan do Mineirinho foi “refrigerante salutar”. E para provar isso, o simpático produto resolveu virar um atleta. A marca que apoia lutas de judô e jiu-jitsu vai publicar anúncio na revista Tatame de junho. Nele, o refrigerante vai se transformar em lutador – pulando corda, levantando peso e dando socos naquele saco de couro pesadíssimo que toda academia de ginástica que se preza tem. O mote da campanha é “se faltar gás é só agitar a garrafa”. Para quem não sabe, o refrigerante é feito a partir de uma planta chamada “chapéu de couro”.

A combinação explosiva de Mentos e Coca-Cola

O You Tube está cheio de vídeos engraçados nos quais pessoas comuns fazem experiências, combinando os dois produtos e provocando incidentes inusitados. A coisa acontece assim: o cara coloca uma ou duas balas de goma no interior de uma garrafa cheia de Coca-Cola, tampa rapidamente e começa a agitá-la. A pressão aumenta e a garrafa – atirada no chão com a tampa para baixo – se transforma num foguete desgovernado. Risos e pequenos acidentes são inevitáveis. Os apresentadores do programa Myth Busters replicaram a experiência e deram explicações científicas que justificam o fenômeno.

Quem não deve gostar nada dessa história são a Coca-Cola e a Van Melle – fabricante do Mentos. Aliás, com vistas a aumentar sua participação no mercado já em 2011, a Van Melle está lançando o Mentos Pure Fresh 3 que vem com duas camadas de goma e uma terceira que prolonga a sensação de refrescância dentro da boca. Cá entre nós, qual será o efeito desta nova balinha dentro de uma garrafa cheia de Coca-Cola? Quem testar, depois mande o vídeo pra gente, ok?

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Tendências: Visual retrô x pesquisa Nielsen



Tendência: Estilo retrô volta às embalagens

Grandes empresas norte-americanas, como a PepsiCo e Procter & Gamble – e também as pequenas – estão usando fontes, cores e desenhos que buscam a associação emocional de seus produtos à tradição e aos velhos tempos. São as embalagens retrô. Um bom exemplo disso é o eterno velhinho da embalagem da Aveia Quaker.

Em 2009, por exemplo, a Pepsi lançou latas retrô e a resposta dos consumidores pode ser atestada em diversas redes sociais. Pesquisas na época, revelaram que as vendas aumentaram e que muitos compradores não eram habituais consumidores do produto. Diante do sucesso, outra marca da empresa, de Doritos, foi relançada com a nostálgica embalagem utilizada entre os anos 60 e 80.

Resultado: o visual antiguinho tomou conta de marcas de salgadinhos, balas, amaciantes de roupas e detergentes.

Nielsen aponta desaceleração das vendas

Levantamento da Nielsen revela desaceleração das vendas nos supermercados brasileiros em todas as categorias de produtos. O estudo, feito a pedido da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), mostra que foi dramática a desaceleração das vendas de bebidas não alcoólicas, de 12,7% para 3,5%.

Na mesma comparação, as vendas de bebidas alcoólicas desaceleraram de 16,1% para 8,4% na comparação dos primeiros quatro meses de 2010 com o primeiro quadrimestre deste ano. Os produtos perecíveis também recuaram de 9,6% para 7,8%; de limpeza doméstica, de 6,9% para 3%; de mercearia salgada, de 5,4% para 0,8%; de mercearia doce, de 3,5% para 1,9%; e de higiene e limpeza pessoal, de 3,5% para 3,3%.

Ainda segundo a Nielsen, o Grande Rio e dos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal registraram crescimento das vendas neste primeiro quadrimestre superior ao do mesmo período do ano passado, com aceleração, respectivamente de 4,2% para 8,2% e de 1,4% para 3,7%. Foram as demais regiões as responsáveis pela desaceleração do crescimento em relação a 2010: Espírito Santo, Minas Gerais e interior do Rio de Janeiro, de 10,4% para 5,1%; Sul, de 9,9% para 5%; Nordeste, de 9% para 4%.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Galinhas cantam nona sinfonia de Beethoven e Super Mario vira lancheira: Ué ?!


Caixa de game velho vira lancheira

Se você gastou boa parte de sua vida jogando Super Mario Bros, Duck Hunt ou Contra você vai adorar essa merendeira em forma de Nintendo. A ideia é juntar duas coisas que os nerds adoram: videogame e lanche. O produto se chama NES Lunchbox.

A merendeira custa mais caro que as convencionais – cerca de US$ 60, o equivalente a R$ 100,69 – dispõe de uma tranca e tem uma fita de vinil no interior para proteger alimentos e bebidas de impurezas.

Galinhas cantam jingle de Guaraná

A nona sinfonia de Beethoven é o tema do jingle cantado por um coral de galinhas neste novo comercial de Guaraná Antarctica – que já está no ar – e tem como cenário o belo Teatro Municipal da cidade de Santos. O mote da campanha é a fórmula secreta do produto, guardada a sete chaves desde 1921.

O coral das penosas ainda conta com um galo tenor. 150 figurantes lotam a plateia. O delírio é uma criação da dupla Otavio Schiavon e Gustavo Victorino. A direção é de Luis Carone para a produtora ParanoidBR. Foram gastos quase quatro meses na pré e pós-produção desta peça publicitária. Líder do segmento guaraná com mais de 40% de participação no mercado Brasil, o Guaraná Antarctica tem distribuição em cerca de um milhão de pontos de venda. Confira o filme:
video

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Skatista amador x político profissional


Guaraná cresce como a empresa do Palocci!

Já está nos supermercados da Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo a embalagem PET de 3,3 litros do Guaraná Antarctica. O produto se justifica para atender a diferentes ocasiões de consumo – como festas, por exemplo. O preço relativo das embalagens maiores costuma ser mais em conta que as menores, embora seu consumo não seja adequado para grupos familiares pequenos ou mesmo por quem mora sozinho, pois o produto acabará perdendo todo o gás se não for consumido num prazo de tempo razoável. A marca está disponível nas versões de 237 ml, 290 ml, 350 ml, 600 ml, 1 L, 1,5 L, 2 L e 2,25 L.

Por falar em Palocci, o jornalista José Simão conta a piada de que o ministro – por ter a língua presa e pronunciar o “F” no lugar do “S” – nunca pede Sukita ou Soda Limonada. Faz sentido. Aliás, como uma grande garrafa (e com pouco conteúdo), Palocci também está perdendo o gás...

Etapas de skate amador com Red Bull

O Rio de Janeiro vai sediar no dia 4 de junho – e BH no dia 11 – as etapas de skate amador que vão levar um brasileiro para disputar uma vaga no mundial da competição em agosto em Nova York. A final brasileira vai ser no 19 de junho, no IAPI, em Porto Alegre. O Red Bull Manny Mania terá 40 skatistas convidados e convidadas com mais de 14 anos. Os interessados devem fazer suas inscrições no site da Red Bull.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Bebidinhas e tira-gostos...Delícia!!!


SAC da Agtal funciona!

Entramos em contato com o serviço de atendimento ao cliente (SAC) da Agtal questionando o conteúdo da embalagem do produto Mixed Nuts. A resposta ao e-mail veio imediatamente em tratamento P2P – e não naquelas mensagens já prontas e impessoais que dizem aquele monte de bobagens. A responsável pelo serviço, Denise Salles, pediu o endereço do reclamante, prometendo a reposição. Dias depois, chegou pelo correio esta super-embalagem do produto, acompanhada deste milho torradinho – que vai muito bem com refrigerante ou cerveja. Ponto para a Agtal!

O vencedor do Comida di Buteco em BH é...

Com o tira-gosto “Sonho Meu”, o bar "Bar do Zezé" é o vencedor da versão 2011 do Comida di Buteco, na cidade de Belo Horizonte. Foi o melhor entre 41 concorrentes. A votação foi feita por 168.702 clientes e conferida pelo Instituto Vox Populi. O bar – que também faturou o prêmio de melhor atendimento - vai receber o prêmio de R$ 13 mil.

O Sonho Meu é composto de músculo cozido, acompanhado de feijão andu, calabresa, bacon, mandioca amarela na manteiga de garrafa. O Bar do Zezé fica na rua Pinheiro Chagas 406, no bairro Barreiro Baixo.

O segundo colocado, o "Autêntico's Bar" levou R$ 9 mil pelo prato "Comer, Rezar e Amar". O terceiro foi o "Bar da Lora" com tira-gosto "Não Acredito". O "Curin Bar" ficou em quarto com o prato "Tagarela". O quinto lugar ficou com o "Boteco da Carne", com o "Quatro de Ouros". Diversos pratos concorrentes incluíram o suco de siriguela – que é uma delícia.

Para a edição 2012, o Comida di Buteco em Belo Horizonte, terá um ingrediente obrigatório para todos os tira-gostos concorrentes: o queijo de Minas.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Disputas nos segmentos: mate, energéticos etc








Copiar embalagem não vale. O resto vale!

A 5ª Vara Empresarial do Rio proibiu a comercialização da marca paulista Mate Attiva enquanto a embalagem – idêntica à do Matte Leão, da Coca-Cola – não for alterada.

Briga entre energéticos vai ser dura!!!

Briga que promete será a competição entre diversas marcas pelo mercado de energéticos. O Rio de Janeiro, maior consumidor do país desta bebida, vai ser o centro da disputa. Matéria da coleguinha Fabiana Ribeiro, de O Globo, revela que além de Red Bull (a marca líder), TNT, Flash Power, Flying Horse e ainda Coca-Cola (com Burn e Gladiator) e Ambev (com Fusion) há outras marcas na briga: Pakera (com Turn On), Convenção (com MSX) e também a baiana Bivolt Energy Drink. Este último fabricante – que cresceu 480% em 2010 em relação ao ano anterior - comprou novas máquinas da China para aumentar sua capacidade de produção para 500 mil litros por mês. O objetivo é melhorar – e muito - sua posição no ranking carioca.

O segmento de não-alcoólicos é o que mais cresce no país. As estratégias para conquistar o consumidor são variadas: as embalagens vão desde o tubo de bolso de 40 ml, passando pelas latinhas de 260 ml, 355 ml, um litro e até na embalagem pet de dois litros. Somadas são mais de 130 marcas em todo o país.

O coral de galinhas do Guaraná Antarctica

É mais fácil assistir a um coral de galinhas do que descobrir a receita do Guaraná Antarctica. Esta é a proposta do novo filme da marca que entra no ar na quarta-feira, dia 25. Foram dois meses de produção e 200 profissionais envolvidos – inclusive um maestro, regendo as histéricas penosas.