segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

A lata que transforma e dá emprego e o supermercado que discrimina seus clientes

Brasil: campeão mundial de reciclagem

O Brasil tem o maior índice de reciclagem do mundo. De cada 100 latas descartadas, 98 voltam à cadeia de produção. O mais interessante é que o material reciclado pode ser utilizado em diferentes setores como o de automóveis ou mesmo siderurgia. A alta do alumínio no mercado mundial permitiu que o valor pago ao catador pelo quilo da sucata (75 latinhas) subisse de R$ 1,70 para R$ 2,50 ao longo de 2010.

Segundo matéria da colega Luciana Seabra para o jornal Valor, o preço final pago pela indústria aos intermediários chegou a R$ 3,25 o quilo. Dados do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) estimam que o país tenha um milhão de catadores que ganham, em média, de um a um e meio salário mínimo.

Racismo no mercado de Abílio Diniz

A polícia de São Paulo investiga um caso de racismo contra um menino de 10 anos no interior do Hipermercado Extra da Marginal do Tietê, na Penha, zona leste da capital. Mesmo tendo pagado R$ 14,65 por dois pacotes de salgadinhos, dois pacotes de biscoitos e um refrigerante – e apresentado a nota fiscal – ele foi acusado de furto na saída do supermercado, no último dia 13, e levado por três seguranças para uma sala reservada onde foi ameaçado com um canivete, chamado de "negrinho sujo e fedido" e obrigado a tirar a roupa. Ele não havia furtado nada.

O supermercado, de propriedade de Abílio Diniz – veja a foto – nega que tenha havido racismo. Se não é racista, o Grupo Pão de Açúcar tem preconceito social – o que ainda é pior para uma empresa que lida com clientes de diferentes classes socioeconômicas. Essa história é de virar o estômago.



sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Guerra entre gigantes no sabadão


Sabadão, pipoquinha, Gulliver no cinema com Jack Black, gigante... E por falar em gigantes, estes dois nunca se entenderam e ainda resolvem brigar. Se não estamos falando de Índia e Paquistão, as duas Coreias (agora sem acento), é claro que o papo é mesmo Pepsi e Coca-Cola. A Pepsi faz mais a linha do confronto mas, de vez em quando a Coca-Cola também dá suas pancadinhas. Vamos começar com a escolha de Albert Einstein, ou melhor, um ator muito parecido com o genial físico alemão que formulou a teoria da relatividade. Filme divertido. Veja só:


video

Aí chega a hora da Coca-Cola dar o troco. Ou melhor, a troca... de casais.

video

Aí o revide da Pepsi vem muito forte. É pura pancadaria. Olha só a sutileza - se é que isso é sutil. Mas pode reparar: O filme da Pepsi exibe muito mais a marca da concorrente. Mas o publicitários são assim. Surpreendentes...


video

Refrigerante de maconha em cinco sabores

É pra beber ou pra fumar?

Chama-se Canna Cola o refrigerante de maconha que chegará em fevereiro às lojas do estado americano do Colorado. Cada garrafa terá de 35 a 65 miligramas da substância psicoativa da cannabis, o tetrahidrocanabinol (THC) e custará entre US$ 10 e US$ 15. Em 15 estados norte-americanos o uso da maconha para fins medicinais é considerado legal embora seja proibido pelas leis federais.Em 15 estados norte-americanos o uso da maconha para fins medicinais é considerado legal – embora seja proibido pelas leis federais.

O criador do novo produto, o empresário Clay Butler, garante nunca ter fumado maconha (!). Ele criou a bebida por "acreditar que os adultos têm o direito de pensar, comer, fumar, ingerir ou vestir o que quiserem", disse em entrevista à publicação "Santa Cruz Sentinel". Além do sabor cola, serão lançados o de limão chamado "Sour Diesel", o de uva de nome "Grape Ape", o de laranja "Orange Kush" e, por fim, o inspirado na popular bebida Dr. Pepper, o "Doc Weed".

De acordo com Scott Riddell, criador da empresa que comercializará a bebida, os níveis de THC em "Canna Cola" serão menores que os de outras bebidas do mesmo tipo que já estão no mercado. O efeito no organismo é similar ao de uma "cerveja suave".


Refrigerante "careta" sabor pera

A linha Aquarius Fresh – de refrigerantes levemente gaseificados – está introduzindo este mês o sabor pera ao portfólio composto pelos sabores abacaxi com hortelã, limão e uva. A escolha é fruto (sem trocadilho) de pesquisa – que incluiu teste de degustação - junto ao mercado consumidor. O produto está disponível no sul do país nas embalagens de 510 ml e 1,5 litro. Em março chegará ao Nordeste.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Rihanna, Katy Perry e Elton John no Rock in Rio

Rock in Rio confirma novas atrações

A organização do Rock in Rio parece que despertou do marasmo e resolveu anunciar, com exclusividade para o Jornal Nacional da TV Globo, os artistas que se apresentarão na primeira noite do festival de música que tem a Coca-Cola entre seus patrocinadores. William Bonner e Fátima Bernardes anunciaram que Rihanna, Katy Perry e Elton John serão as atrações do dia 23 de setembro, ao lado de Claudia Leitte, cuja participação já havia sido confirmada anteriormente. A ordem das apresentações ainda não foi definida.

Rihanna nasceu em Barbados e tem 22 anos. A americana Kate Perry tem 26 anos. O londrino Elton John tem 63 anos e já fez shows no Brasil – tendo outros cancelados. Claudia Leitte é fluminense de São Gonçalo e tem 31 anos.

Americanos diante da TV no dia 6

Os Estados Unidos vão parar no dia 6 de fevereiro para assistir à grande final do futebol americano - o Super Bowl. O Pittsburgh Steelers e o Green Bay Packers se enfrentam em Dallas, no Texas. O evento tem transmissão de TV para todo o território americano. Em 2010, a partida final foi vista por 106,5 milhões de pessoas – a maior audiência da história da televisão norte-americana. A expectativa é de que esse número seja superado este ano.

A Fox transmite o evento que tem o histórico patrocínio da Pepsico com seus produtos Pepsi Max e Doritos. A empresa havia se retirado no ano passado mas, digamos, mudou de ideia.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Um pouco de conteúdo no Rock in Rio

O politicamente correto Coldplay

Parece incrível que a 242 dias do Rock in Rio, o site oficial do evento tenha tão pouca informação para divulgar. Os caras publicam postagens do Joãozinho que conta historinhas do titio que subiu num poste para roubar um banner, da Mariazinha que chorou durante o show do Zé Mané, um papinho furado daquele show inesquecível... Ou seja: zero de conteúdo. Colocaram umas camisetas pra vender, as camisetas acabaram e não houve reposição! Ai, que sono...

Todo dia está lá: “Bandas confirmadas”: fulano, cicrano, Zé das Couves e os Paralelos do Ritmo. Patrocinadores: Coca-Cola etc etc etc. E só. Para tentar suprir essa vontade básica do consumidor, vamos bater uma bolinha sobre as bandas sempre que sobrar um “calhau” aqui no Blog. Metallica, Red Hot Chili Peppers e Coldplay estão entre os headliners – as principais atrações de cada um dos dias do evento.

O Coldplay é aquela banda criada em 98 – praticamente uma criança se comparada aos senhores que estão no Capital Inicial desde 82. O Coldplay tem várias características interessantes. Ingleses, eles se manifestaram contra a invasão do Iraque logo na primeira hora, fizeram campanha pela Anistia Internacional e contra a reeleição de George Bush – por motivos óbvios. Mas como o negócio dos caras é mesmo a música, é importante registrar que eles já têm mais de 50 milhões de discos vendidos, apesar de terem nascido em plena crise do mercado fonográfico.

O vocalista do Coldplay, Chris Martin, gosta de se comunicar com o público no idioma local e de apresentar covers das bandas que admira, como Pretenders (“1200 miles”) e Echo and the Bunnymen (“Lips like sugar”), esta última na França, onde ele fez um esforço danado para se expressar em francês. Para a gravação de “Viva la Vida”, eles contaram com a produção de um grande nome da música, Brian Eno, ex-integrante do Roxy Music e ex-cabeludo também. Hoje exibe uma reluzente careca.

Chris Martin, Johnny Buckland, Guy Berryman e Will Champion destinam dez por cento do que ganham para o combate à pobreza e às mudanças climáticas. Eles ainda leiloam seus instrumentos velhos no eBay. O que é arrecadado vai para a ajuda a crianças e jovens na Inglaterra. No Rock in Rio, o Coldplay se apresenta no dia primeiro de outubro.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mulheres mandam bem nos negócios e na pesquisa. E Coca-Cola Femsa confirma endereço de estágio!!!

Executiva é nova presidente da Pepsi no Brasil

A PepsiCo do Brasil anuncia que Andrea Alvares é a nova presidente da Divisão de Bebidas no Brasil. Ela entra no lugar de Paulo Campbell, que ocupou o cargo por três anos e será o CFO (Chief Financial Officer) para Bebidas na América do Sul.

Ela é a primeira mulher a liderar uma divisão de negócios da PepsiCo no país. Por dez anos, Andrea foi diretora de Marketing de Alimentos Brasil, acumulando em seguida a Argentina e Uruguai. Executivas na Pepsi não são uma exceção. A presidente da empresa, a indiana Indra K. Nooyi fatura por ano, entre salários e bônus, US$ 12,7 milhões – o equivalente a R$ 21,4 milhões no câmbio de ontem. Nada mal.

Pesquisadora descobre: suco de romã faz milagres

Não são somente as sementes de romã que servem de talismãs em nossas carteiras no Ano Novo. Os componentes do suco da fruta podem inibir o desenvolvimento de células cancerosas. É o que afirmam pesquisadores da Universidade Riverside, da Califórnia, nos Estados Unidos. Segundo a professora de biologia celular, a portuguesa radicada nos Estados Unidos - Manuela Martins-Green – o suco pode impedir a metástase (o avanço da doença para outros órgãos) nos casos de câncer de próstata e ainda ter impacto no tratamento de outros tipos do mal.

Com um currículo invejável, a especialista revela que a reincidência da doença na próstata obriga ao tratamento de supressão da testosterona – o hormônio masculino. A aplicação do suco de romã em laboratório teve o mesmo efeito que o tratamento tradicional e ainda reduziu drasticamente o desenvolvimento da doença em outros órgãos, uma vez que os efeitos gerados pelos genes e proteínas do fruto são idênticos aos dos compostos usados nos medicamentos.

Segundo Manuela, o suco “tem o potencial de evitar a metástase das células do câncer de próstata para a medula”. O próximo passo é fazer testes adicionais para, no futuro, evitar os efeitos colaterais dos tratamentos atuais.

Coca-Cola Femsa confirma site para interessados


Publicamos nesta segunda-feira - também conhecida como ontem - que a Coca-Cola está oferecendo vagas para estágios em diversas áreas. Como um leitor não conseguia acessar o endereço, entramos em contato com as empresas que atendem a companhia. E, cá pra nós, tanto a Textual quanto a Burson nos atenderam muito bem e informaram que o endereço do site para os interessados em estágio é mesmo o http://vagas.com.br/v157495 . A dificuldade de alguns para acessar o site pode se dever ao fato de estarem nas empresas onde trabalham - que costumam bloquear certos endereços. Ainda mais aqueles com oportunidades de estágio ou trabalho. O que, aliás, faz certo sentido.

Os estudantes selecionados contarão com benefícios como bolsa auxílio, bolsa auxílio complementar (13º salário), assistência médica, seguro de vida, vale transporte e refeição, além de férias remuneradas e oportunidades de crescimento profissional constante por meio de treinamentos.

Leia mais detalhes na postagem anterior.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Quer estágio na Coca? Então toma...


Coca-Cola oferece estágios em quatro cidades

Empresa do Grupo Fomento Econômico Mexicano S. A. (Femsa), a Coca-Cola Femsa abriu 30 vagas para estagiários e trainees nas cidades de Belo Horizonte, Campo Grande, Jundiaí e São Paulo.

As vagas estão distribuídas entre as áreas de finanças, RH, marketing, comunicação e desenvolvimento social, compras e supply, planejamento estratégico, logística e manufatura. Os selecionados terão ampla lista de benefícios como bolsa-auxílio, bolsa-auxílio complementar (13º salário), assistência médica, seguro de vida, vale-transporte e refeição, férias remuneradas e oportunidades de crescimento profissional por meio de treinamento.

Os estudantes devem estar cursando o penúltimo ou último ano dos cursos de administração, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, engenharia, marketing ou publicidade e propaganda. Os escolhidos começarão suas atividades em março de 2011 e o contrato terá duração de um ano, com possibilidade de prorrogação ou efetivação.

Mais detalhes e inscrições no site http://vagas.com.br/v157495 até 21 de fevereiro. Se passar avisa pra gente e paga uma rodada, ok?

sábado, 22 de janeiro de 2011

O doce sabor do limão em comercias de TV


Analista de Bagé quase morre de sede

Com exceção da semana passada, todo sábado é dia de filme no Blog do Refri. Hoje teremos três comerciais de diferentes produtos no sabor limão. O primeiro deles é a versão brasileira de uma campanha mundial do refrigerante Teem nos anos 80. Infelizmente, o excelente produto não emplacou no Brasil. A campanha “For the worst thirst” (Para a pior sede) teve entre seus atores Paulo Cesar Pereio – aquele que fez “O Analista de Bagé” e diversos filmes (60) e novelas no país.

Hoje setentão, Pereio já foi o sonho de consumo da mulherada – principalmente por causa de seu vozeirão grave. Locutor de diversos spots e narrativas, ele foi casado com as atrizes Neila Tavares e Cissa Guimarães e, ainda, com Suzana Andrade - que não é do meio artístico. Foi preso duas vezes, a segunda por não ter pagado (está certo “pagado”, viu?) pensão aos filhos Tomás e João que teve com Cissa. Confira o comercial de Teem:

video


Jingle bom não precisa de letra...

Uma canção perfeita para um jingle perfeito não precisa de locução e muito menos de letra. Veja – e ouça – esse comercial de Soda Limonada Antarctica que tem como única letra o nome do produto repetido diversas vezes.

video

João Gordo ensina a namorar

Para a campanha “As coisas como são”, Sprite escolheu João Gordo – ex-vocalista da banda Ratos de Porão - como locutor. O tema gira em torno da “azaração”, “paquera” ou “xaveco” como preferem os paulistas – ou seja, todas as estratégias dos “manos” para “chegar” nas “minas”.

video

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Bolívia defende cultura de coca


Campanha inclui lançamento de refrigerante

A Bolívia quer mudar o texto da convenção da ONU sobre narcóticos, de 1961, que considera ilegal o hábito da mascar folhas de coca, muito comum naquele país. Para tanto, lançou uma ofensiva diplomática por cinco países europeus para buscar apoio para o fim da proibição internacional.

O país argumenta que mascar a folha não faz mal à saúde e faz parte de suas tradições medicinais, culturais e religiosas. O hábito de manter uma pequena quantidade das folhas amargas no canto da boca, muito difundido naquele país vizinho, reduz a sensação de fome e funciona como energético, evitando o sono e a sensação de cansaço. Se nenhuma objeção à proposta boliviana for enviada até 31 de janeiro, a proibição será derrubada, mas acredita-se que os Estados Unidos irão se manifestar contra a iniciativa. A folha de coca é a matéria prima da cocaína, droga cujo maior consumidor mundial são os Estados Unidos. Um quilo de folha de coca resulta em um grama de cocaína.

Esta semana, foi lançada no país uma bebida energética que usa como ingrediente a folha de coca, a Coca Brynco. O investimento foi de US$ 1 milhão – o equivalente a no câmbio de ontem. O objetivo, segundo o governo, é estimular o uso legal da coca, evitando que a produção seja canalizada para o narcotráfico. A apresentação da bebida ocorreu faltando apenas duas semanas para a conclusão do processo de consulta solicitado pelo presidente Evo Morales junto à ONU para descriminalizar o uso tradicional da coca.

Praticamente toda a população indígena vive do trabalho de cultivo da folha nas lavouras bolivianas. Quando eleito presidente, em 2005, Morales prometeu lutar pela descriminalização da planta. A Bolívia é o terceiro produtor mundial de folhas de coca, depois da Colômbia e do Peru.

O governo americano argumenta que a liberação abriria um precedente para que qualquer outro país tentasse excluir alguma das 119 substâncias consideradas narcóticas. Já a Polícia Federal brasileira estima que 80% da pasta de cocaína que entra no Brasil sejam de origem boliviana.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Pesquisa em sete países revela...

Brasileiro otimista quer carro, tênis e refri...

Pesquisa do banco Credit Suisse apresenta dados interessantes sobre o comportamento dos consumidores de sete economias emergentes: Brasil, Rússia, Índia e China (grupo de países conhecido como BRIC) e ainda Arábia Saudita, Egito e Indonésia. Os consumidores brasileiros foram os que se mostraram mais otimistas quanto às suas finanças pessoais nos próximos seis meses, com 63% esperando uma melhora, bem acima dos chineses (45%), indianos (43%), sauditas (35%) e egípcios (12%). Somos os que mais gastam com saúde (9,8% da renda). Em outras palavras: planos de saúde, a falta de hospitais públicos de qualidade e os remédios caros nos levam a gastar mais que as outras economias pesquisadas.

Sobre os produtos a serem consumidos, entre os brasileiros com renda superior a US$ 2 mil por mês, 27% esperam consumir mais laticínios, 21% pretendem comprar mais refrigerantes e 18% acham que vão beber mais água mineral. Na mesma faixa de renda, os brasileiros estão entre os que menos planejam viajar ao exterior nos próximos doze meses (3%), a frente de indianos (1%) e egípcios (0%). Neste quesito, os russos são 26%, seguidos dos sauditas (18%), indonésios (13%) e chineses (9%).

O estudo revela ainda que, em 2011, na mesma faixa salarial, 22% dos brasileiros querem adquirir um imóvel, 34% pretendem comprar um carro e 74% anseiam por um tênis de marca. Para o universo de 3,2 bilhões de habitantes destes sete países, foram ouvidas 13 mil pessoas: amostra que pode ser considerada robusta.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Lupa para as duas matérias...

Guitarrista do Aerosmith desaparecido


O vocalista do grupo norte-americano Aerosmith disparou na mídia que seu “mui amigo” Joe Perry está desaparecido em local não sabido. Steven Tyler alega que a banda tinha planos de gravar um novo álbum este mês e que o sumiço do guitarrista atrapalha os planos. O motivo da “evaporação” pode ter sido a participação de Tyler no “American Idol”. Há sete anos este é o programa de TV mais popular dos Estados Unidos e tem entre seus patrocinadores a Coca-Cola. Já se considera investigar o desaparecimento do guitarrista, de 60 anos.

Perry ficou contrariado pelo fato de o vocalista ter aceitado a função de jurado na nova temporada do programa. O certo é que qualquer coisa é motivo para um racha entre Tyler e Perry – que já brigaram por causa de um copo de leite. Isso aconteceu em 1979, e Perry deixou o Aerosmith, voltando em 84.

Steven Tyler tem a seu lado, no programa de TV, a colega e jurada Jennifer Lopez. A gravadora Universal – que substituiu a Sony no comando artístico do projeto – vai encorajar os participantes do programa, que competem por uma chance no mundo do show business, a cantar canções de artistas com os quais tem contrato, como Bon Jovi, Justin Bieber e Lady Gaga.


China arregala os olhos para os cítricos

Os Estados Unidos estão preocupados com a decisão chinesa de se tornar uma potência também na produção de laranja e outras frutas cítricas. No longo prazo, segundo especialistas da Universidade da Florida, o Brasil – maior produtor de laranja do mundo - também será espremido pelo projeto chinês. O grande programa de estado começou em 2002. A meta é atingir os 2 milhões de hectares cultivados de citros até 2015 (área dez vezes maior que a da Florida) e produzir 30 milhões de toneladas – que é mais do que oferecem São Paulo e o estado americano juntos.

Hoje, o Brasil responde por 55% do mercado global. Em cinco anos, a China saiu de quase zero de produção de suco de maçã para 75% das exportações mundiais. Se alguém tem que abrir os olhos nessa história, com certeza não são os chineses...

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Site do Rock in Rio dá um sono...zzzzzzzzzzzzzzzzz









Site do Rock in Rio não tem novidade

Faltando 248 dias para o início do evento que reunirá dezenas de bandas, milhares de jornalistas, que vai render milhões em dinheiro e será noticiado para bilhões de pessoas, o site do Rock in Rio é um marasmo só. Uma noticiazinha de ingresso aqui, uma lembrancinha de um show velho ali, uma postagenzinha de um fã acolá. Muito fraquinho.


Lixo tem lugar certo para evitar catástrofes

Garrafas PET e latas de bebidas jogadas irresponsavelmente pelas ruas, rios e ralos podem ser responsáveis por diversas tragédias como esta que acontece na região serrana fluminense. Correspondente da TV Globo no Japão há dois anos, o gaúcho Roberto Kovalick, em depoimento a um telejornal da emissora lembrou que no dia da chuvarada estava voltando para casa no Rio de Janeiro: “Um ônibus passou na minha frente, um alagamento e um sujeito jogou uma latinha de refrigerante da janela do ônibus, e minha mulher perguntou: “Está com saudade de casa?”.

Todos sabemos que as autoridades somem da televisão e dos jornais durante as tragédias. Se a gente já não conta com elas, é preciso que nos conscientizemos de que as mudanças climáticas estão aí. A catástrofe nos municípios serranos comprova isso. E o brasileiro precisa aprender muito sobre lixo. Leia o que disse o Kovalick: “Tóquio não tem lixeira na rua. Os japoneses aprendem desde a escola, que é um dos pontos mais importantes: a separação de lixo. No meu prédio, são quase 20 categorias de separação de lixo: bateria, gás. E o lixo que não pode ser aproveitado vai para uma usina que transforma esse lixo em eletricidade. Quando você está na rua, e toma um refrigerante, não tem lata de lixo, porque não tem em Tóquio lata de lixo na rua. Somente nas lojas de conveniência: você vai na porta da loja e joga o seu lixo. Você não achou uma loja de conveniência no meio do caminho, você leva seu lixo para casa. Você recicla seu lixo em casa. E você aprende”, ensina.

É uma questão de educação. Entendeu Tia Dilma? Aprendeu Serginho?

PET da Coca-Cola avança em Jundiaí

Maior engarrafadora da Coca-Cola na América Latina, a Femsa está implantando a maior linha de refrigerantes em garrafas PET da empresa no mundo em sua fábrica em Jundiaí, no interior de São Paulo.

A unidade tem 179 mil metros quadrados de área total e será responsável pela fabricação de 14 linhas de refrigerantes, duas de Suco Kapo e uma de Bag in Box, popularmente conhecida como refil para máquina de refrigerante. Com isso, a capacidade produtiva da unidade Jundiaí passa para 450 milhões de caixas unitárias por ano.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Refrigerante vira roupa e vinho vira suco. Só aqui


Coca-Cola é fashion

Resultado do licenciamento da marca Coca-Cola à empresa AMC Têxtil, a grife Coca-Cola Clothing – já rebatizada pelo público de CCC - desfilou no Fashion Rio 2011 sua coleção assinada pela estilista Thais Rossiter. Quem entende do assunto, afirma que as peças são despretensiosas. Ou seja, devem ser “um luxo”. São camisetonas no estilo Andy Warhol peças em couro, tênis cano alto, shorts e jeans, digamos, super fashion...

O lançamento da nova linha de produtos tem o suporte de campanha publicitária da JWT, com filme veiculado nos cinemas e internet.

Vinícola gaúcha Valduga vai fazer suco na Bahia

Com 135 anos de atividade – fundada em 1875 por imigrantes italianos, a Casa Valduga decidiu diversificar a produção. A empresa, sediada em Bento Gonçalves (RS), decidiu investir R$ 15 milhões num setor que cresce mais rápido que o de vinhos e espumantes: o de sucos de frutas brasileiras. A fábrica com este fim será erguida em Juazeiro (BA) – que nada tem a ver com a cearense Juazeiro do Norte do padrinho Padre Cícero.

A nova indústria – que deverá gerar número significativo de empregos - produzirá sucos integrais, ou seja, sem adição de água ou açúcar, em diversos sabores. Juazeiro foi escolhida por ser uma região onde predominam fazendas de cultivo orgânico de caju, manga, melancia e umbu. A cidade fica às margens do Rio São Francisco e é vizinha da pernambucana Petrolina. A empresa negocia incentivos fiscais com o Governo da Bahia e a prefeitura juazeirense. A futura fábrica terá de sete mil a nove mil metros quadrados de área construída e deverá ser inaugurada em outubro deste ano, com capacidade de produção diária de 20 mil litros – envasados em garrafas de vidro.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Micos e acertos do Guaraná Antarctica


BBB paga mico na primeira ação do Guaraná Antarctica

Patrocinador master do BBB (Baixarias, Burrices e Bial), o Guaraná Antarctica foi exposto ao ridículo durante a primeira prova para a escolha de líder, exibida na quinta-feira, dia 13. Divididos em duas equipes, os participantes tinham que se pendurar numa enorme garrafa do refrigerante e atravessar um pequeno trecho - a ser vencido com o auxílio de roldanas. A coisa estava engraçada, com vários concorrentes despencando da garrafa. Uma delas quase se machucou feio depois de cair uma cinco vezes.

Aí, aconteceu o pior: as garrafas, acionadas por tração manual “engasgaram” – não iam pra frente nem pra trás. Um dos participantes se balançou e conseguiu cruzar a linha de chegada. Mas o constrangimento de todos foi flagrante. Até o apresentador não sabia o que fazer. Foram para os comerciais mas a situação não se resolveu. Resultado: o patrocinador – que paga uma grana para aparecer – virou top no Trending Topics Brasil, sendo o mais tuitado e comentado. Um verdadeiro tiro no pé.

Ronaldo Fenômeno faz “guerrilha”

Depois de bancar o garçom num comercial do Guaraná Antarctica Zero em 2010, Ronaldo Fenômeno tem nova missão, em 2011: ele vai enviar latas do refrigerante para o craque inglês David Beckham, que joga no Los Angeles Galaxy, nos Estados Unidos. A ação começou em novembro - quando, em sua página oficial, Beckham perguntava onde poderia comprar o produto – e terminou na última sexta-feira, também conhecida como ontem. A ação de marketing de guerrilha foi das agências Espalhe, TV1 e DM9DDB.

O jogador inglês rompeu seu contrato de patrocínio com a Pepsi em 2008, depois de dez anos, por não querer mais vincular sua imagem a refrigerantes. Além de enviar as latas ao Beckham, a promoção também vale para os "amigos do Ronaldo" brasileiros: o autor da resposta mais criativa da pergunta "Por que eu também mereço um gole de Guaraná Antarctica?" vai ganhar a mesma quantidade de latas.

Mudando de assunto, desde o início da carreira, o boa-praça do Ronaldo sofreu muito na mão daqueles que se intitulam “jornalistas esportivos”. Com uma belíssima folha de serviços prestados ao futebol brasileiro e tantas cirurgias, bem que o craque corintiano merecia um tratamento melhor, sem tantas invasões de privacidade, fofocas e maldades sobre sua sexualidade e condição física. Ronaldo vai encerrar a carreira este ano. E vai deixar saudade.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Roqueiros e sertanejos em Santa Catarina


Pepsi cai na festa em Floripa


A Pepsi é a patrocinadora oficial do evento Planeta Atlântida que acontece em Florianópolis (SC) no fim de semana, dias 14 e 15 de janeiro – também conhecidos como sexta e sábado, ou ainda como hoje e amanhã. O evento é o maior festival de música do sul do país que acontece anualmente durante o verão. O Planeta Atlântida terá como atrações o Capital Inicial, Charlie Brown Jr., Luan Santana, Michel Teló e Restart.

A estrutura do Palco Central no Sapiens Parque terá piso giratório que possibilitará ao público ver os artistas de todos os ângulos.

O mapa da reciclagem

A Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet) acaba de desenvolver o site LevPet que mostra no sistema do Google Maps os locais de reciclagem mais próximos de sua casa. O novo serviço on-line indica os pontos de entrega, cooperativas de catadores, comerciantes de recicláveis e ONGs.

O banco de dados reúne, até o momento, mil pontos de coleta em todo o Brasil.


Cana e laranja puxam produção em SP

Com valor bruto de R$ 20,6 bilhões em 2010, a cana de açúcar lidera a produção agropecuária e florestal no estado de São Paulo, representando 41,7% do valor total. A produção de laranja destinada às indústrias de suco atingiu R$ 3,4 bilhões mas o número impressiona quando comparado com 2009: R$ 1,9 bilhão.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Placas de trânsito do Rio não levam a lugar algum


Sinalização vai adotar o PET

Cidade com uma das piores sinalizações do planeta, o Rio de Janeiro tem seu caos agravado com o trânsito que deixa tontos tanto os turistas quanto os próprios cariocas. O Rio de Janeiro dos “flanelinhas”, dos sinais (faróis ou semáforos) apagados, do estacionamento irregular e das inversões de mão em determinados horários, sofre ainda com os vândalos que destroem placas de trânsito por pura maldade ou para tirar um lucro criminoso no ferro-velho.

Para diminuir o prejuízo anual que chega a R$ 1 milhão somente com o vandalismo, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) decidiu instalar placas de trânsito feitas de PET – aquele plástico das garrafas de refrigerantes - reciclado. O material tem valor irrisório para a revenda e, acredita-se, não seri9a alvo de depredações. Se for aprovado, o PET poderá ser adotado na sinalização da cidade para a Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016.

Quem não vive no Rio pode até não acreditar. Mas com o estreitamento de algumas calçadas e o alargamento das vias, alguns postes de luz e de fiação acabaram deixados no meio da rua. Se alguém duvidar podemos publicar a foto comprovando. E pior, não serão a Copa ou os Jogos que vão retirá-los de lá. Nem a CET-Rio...


Tem Coroa na Pool Party

Para marcar presença no circuito de festas dos balneários do país, a Refrigerantes Coroa está patrocinando a Pool Party, festa realizada em um espaço na Lagoa MãeBá, em Meaípe, Guarapari (ES), nos sábados deste mês de janeiro.

Cada edição tem a duração de oito horas de música sem parar, das 14h às 22h, o que por si só já justifica o slogan: “Quem é muito vivo bebe Coroa”. A balada rola ao som de DJs e é super “regada” com petiscos, comida “japa”, drinks e, claro, muitos refrigerantes Coroa.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A fruta que canta rock / Sossega Leão / Água de coco mais cara que a gasolina! E daí? Eu não bebo combustível!



The Cranberries engarrafados

Muita gente pensa que Cranberries são somente uma banda irlandesa que estourou com a música “Linger”. O cranberry é uma frutinha parecida com a amora e cujo concentrado vem congelado do Chile para o Brasil. Aqui, a Juxx - empresa que envasa o suco em suas fábricas de Araguari (MG) e Guarulhos (SP) - faturou R$ 6 milhões em 2010 com a novidade. A expectativa para 2011 é mais que dobrar e atingir a marca dos R$ 13 milhões. Nada mal.


Attiva lança mate

Chega estes mês às prateleiras e freezers do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo o copo de 290 ml do Mate Attiva, empresa que produz a água mineral da mesma marca. As unidades de Bananal (SP) e Barra Mansa (RJ) têm capacidade de produzir até dez milhões de copos/mês. Em junho, a Attiva lançará garrafas PET nas versões 330 ml e 1,5 litro nos sabores natural, limão e limão zero. O objetivo é concorrer com a marca líder, o Matte Leão.


Brasil é dos poucos a beber água de coco

Uma parceria com os produtores foi a ideia da Kero Coco – leia-se PepsiCo – para reduzir o preço da água de coco em caixinha e ampliar o mercado – considerado pequeno em relação ao consumo de coco fresco. O preço é uma das barreiras. O coco fresco é vendido no varejo em praticamente todo o país por R$ 3. Nos supermercados, o litro é vendido entre R$ 5,50 e R$ 6. Mais caro que dois litros de gasolina ou três litros de etanol, por exemplo.

Curioso é que o hábito de beber água do coco não é muito comum em outros países onde a bebida é considerada exótica, segundo o VP de operações da divisão de alimentos da empresa, Jorge Tarasuk. A produtividade média nacional é de 4 mil toneladas por hectare/ano. Já nos coqueirais da empresa este número fica entre 12 mil e 15 mil. Do coco tudo se aproveita. Até as fibras são utilizadas como forro na indústria automobilística, ou mesmo a casca, como adubo. A PepsiCo afirma que não usa conservantes em suas caixinhas e que, do corte do coco na fazenda até o envase, gastam-se 18 horas somente.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Rock in Rio faz 26 anos hoje. E mais: Quanto vai custar Ronaldinho para o Flamengo

Festival de música já é tradição

Neste dia 11 de janeiro, faltando 256 dias para o início do Rock in Rio, faz exatos 26 anos do primeiro dia da primeiríssima edição do evento. Naquele distante ano de 1985, as atrações internacionais foram: AC-DC, All Jarreau, B’52, George Benson, Go Go’s, Iron Maiden, James Taylor, Nina Hagen, Ozzy Osbourne, Queen, Rod Stewart, Scorpions, Whitesnake e Yes. As brasileiras foram: Alceu Valença, Barão Vermelho, Blitz, Eduardo Dusek, Elba Ramalho, Erasmo Carlos, Gilberto Gil, Ivan Lins, Kid Abelha, Lulu Santos, Moraes Moreira, Ney Matogrosso, Paralamas do Sucesso, Pepeu Gomes e Rita Lee.

Para a quarta edição brasileira do festival - que tem a Coca-Cola entre seus patrocinadores - treze atrações estão confirmadas: cinco nacionais e sete internacionais. No dia 24 de setembro, apresentam-se – no palco Mundo - as bandas Red Hot Chili Peppers, Snow Patrol, Capital Inicial, NX Zero e Stone Sour. No dia seguinte, 25 de setembro, batizado de o Dia do Metal, estão confirmados Metallica, Slipknot, Motörhead, Coheed and Cambria, Sepultura e Angra. No dia primeiro de outubro, Dia do Rock Alternativo, estão confirmados Coldplay e Skank. Já no Palco Sunset, estão definidas as participações das bandas brasileiras Sepultura e Angra.


Um negócio muito caro chamado Ronaldinho

Depois de perder o patrocínio da Batavo em outubro de 2010 – que trouxe R$ 25 milhões em um ano aos cofres da Gávea - o Flamengo precisará de novos “sponsors” para honrar parte do salário mensal de R$ 2 milhões que será pago ao jogador Ronaldinho Gaúcho. A empresa de marketing esportivo Traffic – parceira do clube neste projeto – vai arcar com o pagamento mensal de R$ 1,2 milhão.

Depois que Grêmio e Palmeiras desistiram de participar do leilão pelo atleta, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, anunciou que Ronaldinho é do Flamengo. A apresentação do jogador deve acontecer na quarta-feira. O rubro-negro tem como certo o patrocínio da TIM – que provavelmente esperava a confirmação da negociação entre Flamengo e Milan para entrar por cima. Segundo o jornal Valor, o clube carioca está negociando com três empresas o patrocínio na manga e na camisa do mais querido. No Milan, o salário mensal de Ronaldinho era de € 670 mil – o equivalente a R$ 1.459.860,00 no câmbio de ontem.

domingo, 9 de janeiro de 2011

Blog também tira férias?



O Blog tirou férias?

O leitor desse blog deve estar estranhando. As postagens – que primavam pela pontualidade – andaram meio atrasadas e raras nesses últimos dias. Aqui cabe uma explicação: o editor tirou uns dias de férias e foi para uma casa na praia no Espírito Santo – do arquiteto e amigo Walter Figueiredo – e acabou se desconectando.

Desconectado mas ligadíssimo. Na cidade de Guarapari, num posto de gasolina, o Blog descobriu os refrigerantes do fabricante Coroa. Na loja de conveniência, ao ver nosso esforço para fotografar o Ice Cola, o guaraná Coroa e o refrigerante de laranja, a vendedora Thais nos ajudou no que pode e perguntou curiosa: Por que vocês estão fotografando o refrigerante? Explicamos que era para um blog dedicado a refrigerantes. Ela custou um pouco a acreditar, mas prometeu nos fazer uma visita. Valeu, Thais !!!

Comentário: os três sabores são ótimos !!!


Diretor de whatever...

A gente engole cada coisa nesta vida. Primeiro foi o Zagallo, depois o sapo barbudo, a ostra viva e assim por diante. Engole daqui, engole dali. Aí você abre o jornal no fim de semana e lê um anúncio do 4º Fórum Internacional Aba Petrobras de Comunicação Digital. O evento terá a participação de executivos da Nestlé (a galera do Nestea), da Procter and Gamble, and so on.

De repente, aparece o nome de Tiago Mattos que se intitula “diretor de Whatever da Perestroika”. Diretor do que ??? É que além de escritor, tuiteiro, palestrante, professor e diretor de escola, o cara enfrenta qualquer parada... Por isso, o título: Diretor de Whatever. Com um cabelinho moicano tipo “boi lambeu”, barba “last week” e visual nerd, o diretor de Whatever parece saído de um encontro de Cosplay mas, convenhamos, se vende muito bem.


Em tempo: não confundir Cosplay com Coldplay.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Colégio engarrafado...



A primeira escola PET do mundo

Quando a turma quer estudar não tem nada que impeça. A cidade filipina de San Pablo é a primeira em todo o planeta a ter uma escola construída – inteiramente – com milhares de garrafas de 1,5 e 2 litros de refrigerante e água. O projeto foi concebido pelo especialista em arquitetura sustentável Illac Diaz, juntamente com a MyShelter Foundation (Fundação Meu Abrigo).

Diaz notou que faltavam escolas em pequenas províncias das Filipinas e pensou em uma solução. Conhecido mundialmente por seus projetos inovadores, ele criou o Bottle School Project (Projeto de Escolas de Garrafa) com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da construção de novas escolas, além de dar novo uso a um material de difícil descarte.

A escola é a primeira de muitas, uma vez que Diaz pretende continuar com seu projeto e disseminar a ideia para outros países. As garrafas PET foram preenchidas com adobe líquido - constituído basicamente de terra crua, água, palha ou fibras naturais. A combinação, que é relativamente barata – por ser um processo artesanal - chega a ser três vezes mais forte que o concreto. Em junho de 2010, a Fundação MyShelter organizou um desafio para coletar as garrafas PET. A campanha foi um sucesso e a escola construída com a ajuda de dezenas de voluntários. O terreno foi doado pelo governo local de San Pablo.

Em 2008, Diaz foi nomeado como “Jovem Líder Global” pelo Fórum Mundial Econômico em Genebra, na Suíça.