quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Você sabe o que é uma caranga?

TNT faz promoção em alta velocidade


Quem gosta de games – e de carro zero - pode participar de um campeonato virtual de automobilismo promovido pela bebida energética TNT. A Multi Solution criou o TNT Energy Drink Racing, um jogo interativo no qual o usuário poderá mostrar suas habilidades. A ação – que já está no ar – é divulgada por banners e anúncios em revistas, redes sociais, sites e material de ponto de venda (PDV). A promoção tem duração de seis meses.

Até 27 de fevereiro de 2011, os participantes concorrem a prêmios diários: são 175 caixas de 24 unidades da bebida energética, 25 conjuntos de coolers, bonés e camisetas, seis geladeiras e um carro Zero KM – que o redator “jovem e descolado” chamou de “caranga” - mas não revela a marca do veículo. Mas deve ser “uma brasa, mora?”

Para se cadastrar e jogar acesse: http://tntracing.mtv.uol.com.br%20/



2/3 do mundo não terão acesso à água em 15 anos


Ainda sobre o relatório da ONU publicado aqui há três dias. Se mantivermos os braços cruzados, 5,5 bilhões de pessoas não terão acesso à água limpa em 2025. Com o andar da carruagem, em 2050, apenas um quarto da humanidade vai dispor de água para satisfazer suas necessidades básicas.

O estudo aponta que a escassez de água não ameaça apenas com a sede mas com doenças mortais como diarréia e malária. 97,5% da água disponível no planeta é salgada. Somente 2,5% é água doce. Lagos, rios e lençóis freáticos menos profundos são apenas 0,26% de toda a água potável.

Alguns países – como Brasil, Canadá e Islândia - têm mais água do que sua população necessita. Outros vivem situação oposta e estão em regiões extremamente secas, como o norte da África, o Oriente Médio e o norte da China. E o nosso vizinho continua lavando a calçada com água limpa...

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Pai do Big Brother "sai da casa"...

Programa Big Brother fica sem seu criador


Com dívidas que podem se aproximar da casa do US$ 3 bilhões, o grupo holandês Endemol – responsável pela criação de diversos programas na linha dos “reality shows” para a televisão - acaba de anunciar a renúncia de seu diretor de criação, Paul Römer. Em 1998, numa reunião de “brain storming” com o cofundador da empresa, John de Mol, Römer concebeu os rabiscos do que se tornaria o programa “Big Brother” que chegou a ser exibido em mais de 70 países – hoje são 40. Ele é o pai da criança que, no Brasil, é acalantada pelo apresentador Pedro Bial.

Na versão brasileira do formato, que ganhou a sigla BBB (o terceiro “B” de Brasil), o reality show terá sua décima primeira edição e deverá confirmar os patrocínios de Guaraná Antarctica, Niely, Fiat e Sundown e Unilever que desembolsarão cerca de R$ 13,5 milhões, cada, para exibir suas marcas. O formato do BBB prevê ainda ações de merchandising, degustações, espaços patrocinados no cenário, anúncios extras e maciça campanha de assinaturas de pacotes na TV paga. A TV Globo tem contrato com a Endemol até 2012, com preferência para a renovação.

Para aumentar o faturamento, a emissora brasileira criou ainda uma plataforma 0300 e pacotes de torpedos para as votações do público. O serviço rende para a emissora cerca de R$ 4 milhões líquidos por paredão – o mesmo que recebe a operadora de telefonia. Bem que a Endemol podia fazer um estágio na emissora do Jardim Botânico pra sair do paredão...

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Milão é light e é fashion


Exposição de super garrafas na cidade italiana

Durante a realização da Semana de Moda de Milão, doze garrafas gigantes de Coca-Cola Light ficaram expostas na Piazza Della Scala. As peças foram decoradas por Massimiliano Giornetti para a Salvatore Ferragamo (acima), Tommaso Aquilano e Roberto Rimondi para a Gianfranco Ferré e ainda Giorgio Armani para a Armani (abaixo).

Após a exposição, os objetos foram leiloados e o valor arrecadado revertido para uma fundação de pesquisa da doença fibrose cística, a FFC. Esta foi a segunda edição do "Tribute to Fashion".




No Twitter: @BlogdoRefri

Escassez de água mata mais que guerras



Recurso é desperdiçado todos os dias

Relatório da ONU revela que mais pessoas morrem por causa de água poluída e contaminada - ou por falta dela - do que por formas de violência , inclusive guerras. O secretário-geral da instituição, Ban Ki-moon, disse ainda que o tema é vital para toda a agenda da ONU – saúde da criança e da gestante, expectativa de vida, qualidade dos alimentos e mudanças climáticas entre outros.
O estudo, intitulado “Água Doente”, aponta que dois milhões de toneladas de resíduos contaminam cerca de dois bilhões de litros de água diariamente. O resíduo é composto principalmente por esgoto, poluição industrial e pesticidas agrícolas e resíduos animais. A diarréia, principalmente causada pela água suja, mata cerca de 2,2 milhões de pessoas por ano e mais da metade dos leitos dos hospitais no mundo é ocupada por pessoas com doenças ligadas à água contaminada. O relatório recomenda sistemas de reciclagem de água e projetos multimilionários para o tratamento de esgoto. O que o estudo não diz é que, no futuro, as guerras poderão motivadas justamente pela falta de água para beber.
Sorte nossa que o país é riquíssimo neste recurso. Mas precisa ficar alerta, evitando o desperdício, a poluição e o interesse externo.

Receitinhas com suco e refrigerante

Suco energético: 400 ml de água de coco, 1 maçã com casca, uma folha de alface, meio pepino, um pedaço de gengibre, bater no liquidificador, coar e adoçar com mel. Ninguém segura!

Drink “Céu de brigadeiro”(criação do editor): Meio copo de Sprite ou similar, sumo de meio limão, uma dose de vodka, meia dose de curaçao e gelo. A cor azul do curaçao causa um belo efeito a esta refrescante bebida.

sábado, 25 de setembro de 2010

Chá, ética, Coca-Cola e cineminha com bebês fofos


Lucas Mendes conta a história de Lipton

Artigo do jornalista Lucas Mendes para a BBC esta semana fala de política e chá ao mesmo tempo. Depois de algumas considerações nas quais desfila sua inteligência, o apresentador de Manhattan Connection conta a história de um tal Thomas Lipton - um “descendente de imigrantes irlandeses que saiu da Escócia e da escola aos 17 anos e chegou em Nova York sem ter onde cair morto”. Quatro anos depois, ele volta a seu país e mostra aos pais as coisas que aprendeu do outro lado do Atlântico: publicidade e apresentação dos produtos. Naquela época, um inglês consumia, em média, 140 litros de chá por ano. Lipton usou suas técnicas, conquistou clientes e, em duas décadas, tinha 300 supermercados na Grã-Bretanha.

Lipton foi um pioneiro na promoção de seus produtos – foi o primeiro a apadrinhar eventos esportivos como o iatismo - e também em autopromoção: investiu energia e dinheiro na própria imagem para tornar-se uma celebridade: “Era vaidoso e egocêntrico, mas com seu bigodão, sua simpatia, gravata borboleta, chapéu de capitão de iate, era atração em Londres e Nova York. Circulava com mulheres lindas, tinha acesso ao palácio. Era amigo do rei”, relata Lucas Mendes.

E conclui: “Nos últimos trinta anos, as folhas de Lipton começaram a apodrecer. As mulheres eram apenas um disfarce. Era gay - enrustidíssimo, como convinha na época. No iatismo, só o chapéu era verdadeiro. A cadeia Lipton se envolveu em escândalos e corrupção, perdeu dinheiro e Thomas Lipton, folha podre, foi jogado no lixo pela própria empresa. A Unilever comprou a divisão de chá, que está próspera como nunca”. É claro que trata-se da marca Lipton de chás, mundialmente conhecida.

Produtos influenciam pessoas, diz especialista

Autor do livro “O poder da persuasão: você pode ser mais influente do que imagina” - com mais de dois milhões de exemplares vendidos em todo o mundo - o especialista em persuasão Robert Cialdini abre uma polêmica do tamanho de um caminhão de refrigerantes. Em entrevista para a Exame, ele destaca que a Coca-Cola está entre as empresas que mais influenciam a decisão de compra das pessoas. Diz ele: “a ideia de que a Coca-Cola é o refrigerante mais vendido leva as pessoas a acreditar que essa é a melhor escolha”.

E acrescenta: “É preciso tempo para conquistar credibilidade. Por meio da publicidade isso pode acontecer mais rápido. Uma ótima estratégia, por exemplo, principalmente quando você não é conhecido, é dizer um defeito e, depois, falar de sua maior qualidade. O slogan da L'Oréal é "nós somos caros, mas você vale a pena". Isso é ótimo, pois as pessoas pensam que a marca é realmente honesta.

Cialdini sustenta que é pela ética que vamos conseguir manter os negócios no futuro. “Se enganarmos pessoas, elas não vão mais confiar em nós. Será um sucesso de curto prazo”, conclui.


Coca-Cola tem atrações hoje na Praia do Leme


Em anúncio criado pela DPZ, a Coca-Cola comemora, neste sábado, o Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias. Na peça, a empresa convida a população a participar da ação que apoia desde 1994. A companhia vai oferecer uma extensa agenda de atividades na Praia do Leme, na Zona Sul do Rio, como coleta de lixo, exposições e palestra sobre o tema.


Sábado é dia de cinema: comercial da água mineral Evian

O filme muito engraçado mostra "os efeitos da água Evian no seu corpo". A trilha sonora com o sucesso da disco "Rapper's Delight" é rodado no Central Park. Repare nos bebezinhos marrentos fazendo coisas incríveis sobre patins e na assinatura da locutora num trocadilho de "Evian" com "Live Young". Comercial perfeito:

video
No Twitter: @BlogdoRefri

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Um gole de Gatorade e uma colher de chá


Gatorade toma injeção social para recuperar energia

Uma das marcas mais lucrativas da PepsiCo – o Gatorade – tem apresentado queda de vendas nos últimos três anos. Com receio de que o produto tenha “envelhecido”, a companhia criou um centro de controle – com quatro plantonistas full time – que promove uma campanha de marca junto às redes sociais. Os funcionários monitoram blogs e sites de relacionamento, no esquema “one to one”.

O público-alvo são os atletas juvenis e de ensino médio – principais consumidores do produto. Os monitores conversam com os jovens dando dicas e ouvindo suas opiniões. O centro de monitoramento é equipado com um programa que identifica palavras-chave e menções ao produto. Pode-se creditar ao novo recurso a reversão da curva de queda de vendas - já observada no segundo trimestre deste ano, com aumento das vendas de 7 por cento.

Uma colher de chá

Relatório do Euromonitor revela que o chá foi uma das categorias com melhor desempenho no mercado de bebidas no ano passado. Com a saturação de mercados tradicionais - como a China, Índia e Indonésia -, a Europa Oriental foi a região de destaque para o produto, com significativo crescimento das vendas. Outro mercado interessante foi a Austrália, com destaque para o consumo de chá verde.

A empresa de pesquisa destaca a conscientização dos consumidores para os benefícios à saúde de chás ricos em antioxidantes, fato que deve ter contribuído para a expansão de novas praças para esse produto. O Lipton da Unilever é a única grande marca com efetiva participação global, ao contrário de outras marcas, concentradas em regiões específicas e com sabores regionais.

No Twitter: @BlogdoRefri

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Kuat: brasileño pero no mucho!!!

Guaraná Kuat de cara nova e brasilidade duvidosa

Um ponto de exclamação é a grande novidade do novo visual do guaraná Kuat. A repaginada visa reforçar as propriedades naturais da bebida e a brasilidade do Guaraná. A campanha, da agência Ogilvy, tem trilha sonora assinada pela banda de electro sueca (!) Yello. O plano de mídia prevê um comercial de TV, além de peças de mídia exterior, material de PDV, peças digitais e ações de sampling (!). Não sabe o que é sampling? Pode chamar de “amostra grátis” que ela atende...

Focada no público jovem, a ação tem como conceito a expressão “Oh Yeeaahh” (!). O visual da embalagem ganhou tons nas cores verde, dourado e vermelho (!). O logo ficou mais inclinado. O ponto de exclamação já está presente em marcas conhecidas como o logo da Rede TV! e o jornal Lance!

Peraí. Deixa ver se eu entendi. Banda sueca! Palavras como "sampling" e "Oh yeah"! E cores que mais lembram a bandeira da Bolívia na embalagem! E tudo isso em nome da brasilidade ? Hum! Acho que entendi o ponto de exclamação...

No Twitter: @BlogdoRefri

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A Nestlé com sede e Matte Leão retrô


Nestlé caminha para monopólio da água mineral

As cidades brasileiras que são estâncias hidrominerais já foram consideradas áreas de interesse de segurança nacional e a administração dos parques, bem como a comercialização da água, não podiam ficar nas mãos de empresas estrangeiras. Ocorre que este país mudou muito e, agora, tudo pode. Quem vai a São Lourenço, por exemplo, observa que o parque das águas de lá está sob a administração da Nestlé.

A venda de água mineral transformou-se em negócio bilionário para a Nestlé Waters, empresa do grupo. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não Alcoólicas (Abir), as 64 marcas em 36 países renderam à empresa suíça um faturamento de R$ 13,4 bilhões em 2009. Mas no balanço global da companhia, a América Latina respondeu por 3,2% das vendas, ficando à frente do Brasil.

Este cenário poderá mudar, uma vez que a gigante acaba de adquirir mais uma importante fonte a 27 quilômetros de São Paulo, entre Perus e Cajamar. Há dois anos, a fabricante de alimentos já havia comprado a Águas de Santa Bárbara, fonte de água mineral pertencia ao empresário Antonio Carlos Curiati e não descarta a compra de outras fontes.

A Nestlé envasa produtos como Pureza Vital e Levíssima, além de águas importadas como Perrier e San Pellegrino - em São Paulo e no Rio de Janeiro. Os planos da empresa visam a distribuição de água em âmbito nacional.

Matte Leão lança embalagens históricas

Adquirida pela Coca-Cola em 2009, a Matte Leão está lançando uma série de latas históricas inspiradas nas embalagens dos anos 30 e 40. O objetivo é valorizar a tradição da marca. O “pacote” contém duas caixinhas do produto contendo 25 sachês cada e uma lata promocional que poderá ser utilizada para armazenar o produto.
No Twitter: @BlogdoRefri

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Coca e Pepsi no vale-tudo do mercado indiano

A atriz de Bollywood, Aishwarya Rai - garota propaganda



Briga na Índia é questão de linguística

Matéria da Bloomberg Businessweek publicada esta semana no jornal Valor mostra que a briga entre as duas gigantes dos refrigerantes por um mercado com 1,132 bilhão de habitantes e renda per capita de US$ 2.972 - o equivalente a R$ 5.180,30 no câmbio de hoje - tem o tamanho do país. A liderança da Pepsi na Índia – onde é sinônimo de refrigerante – começou em 1977 quando a Coca-Cola deixou o mercado diante de regras locais que a obrigariam a associar-se a uma empresa indiana e, ainda, a abrir mão de sua fórmula secreta. Na ocasião, a Pepsi teve mais jogo de cintura e associou-se a duas empresas indianas. Com a mudança das regras, em 1993, a Coca-Cola retornou à Índia mas encontrou uma consolidada liderança de sua principal e planetária concorrente.

Por motivos culturais, os consumidores indianos preferem as bebidas não-alcoólicas sem gás. 90% do mercado de bebidas é composto de chás, leite e bebidas à base de café. Os refrigerantes respondem por menos de 5%. Ainda assim, Pepsi é sinônimo de bebida gaseificada, com duas vezes mais consumidores que a concorrente. Em híndi – o idioma nacional – a palavra pronunciada “Pee psi” foi incorporada – como foram em nossa cultura, por exemplo, palavras como gilete, xerox, cotonete, sucrilhos, bombril, fecho éclair (no Rio – que significa zíper) ou cândida (em São Paulo – que significa água sanitária) entre outras metonímias. Para correr atrás do prejuízo – como diria nossa imprensa esportiva – a Coca-Cola contratou a lindíssima e famosa atriz de Bollywood, Aishwarya Rai, como garota-propaganda. Além disso, a companhia comprou três grandes marcas locais: o refrigerante Thumbs Up, a limonada Limca e o suco de laranja Gold Spot – aumentando seu mix com marcas que vem desempenhando muito bem segundo as consultorias Euromonitor e Bangalore.

O ataque vai mais longe: se Pepsi quer dizer refrigerante, a companhia de Atlanta está veiculando uma campanha publicitária que diz “Thanda Matlab Coca-Cola” que quer dizer "Gelado significa Coca-Cola” numa alusão à expressão Thanda – substantivo usado quando oferecem uma bebida a alguém. A Pepsi promete reagir agressivamente em mercados emergentes. É briga da boa, também no vocabulário. Confira:



video

No Twitter: @BlogdoRefri

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Papai e mamãe na preferência de pesquisa Ibope


Sondagem de confiança traz surpresas

Essa pesquisa não chega a ser uma novidade – já foi divulgada este ano. Mas é interessante por apontar as marcas e pessoas consideradas mais confiáveis por um universo de 1.500 entrevistados pelo instituto. Entre todas as marcas, a que despertou mais confiança do consumidor foi a Nestlé, com 19% das citações. Quando o assunto é Responsabilidade Social, a Natura (18%) foi a mais lembrada.

No segmento que é nossa especialidade, a Coca-Cola teve 56% de confiança do consumidor em relação às outras marcas enquanto que a Del Valle (24%) liderou no segmento sucos concentrados. Nas categorias especiais, a Apae obteve 88% das indicações. A sondagem contemplou também a confiança do público em determinadas pessoas. William Bonner (83%) foi apontado como o jornalista mais confiável do país. Os apresentadores Luciano Huck e Patrícia Poeta ficaram com 75% cada. Gloria Pires (88%) foi a artista, Cesar Cielo (91%), o atleta. Em primeiríssimo lugar na confiança dos entrevistados (97%) ficaram Deus e também Pai/Mãe, o que comprova que nem tudo está perdido. Curiosamente, não foram revelados números sobre a classe política. Curiosamente...

Pepsi volta ao Super Bowl com milhões em promoção

Depois de anunciar sua retirada em 2010, após 23 anos consecutivos de participação, a PepsiCo volta a investir alto no Super Bowl. O evento esportivo de maior audiência da televisão norte-americana tem o break comercial mais caro do mundo (US$ 3 milhões para cada 30 segundos). As marcas Doritos e Pepsi Max serão os sponsors e vão promover ações convidando o telespectador a criar comerciais que serão veiculados no dia 6 de fevereiro de 2011 – data da próxima partida. Os concorrentes serão estimulados a mostrar seu amor pelos dois produtos.

Os prêmios para os selecionados e o vencedor variam de US$ 25 mil a US$ 1 milhão. Dez finalistas ganharão ainda viagens para assistir à grande final de futebol americano. Para saber tudo sobre a participação é só fazer o upload no site https://mail.fgv.br/exchweb/bin/redir.asp?URL=https://mail.fgv.br/exchweb/bin/redir.asp?URL=http://www.crashthesuperbowl.com entre os dias 27 de setembro e 17 de novembro.

O Super Bowl nasceu da fusão de duas ligas de futebol americano. O evento é o segundo dia de maior consumo de comida naquele país - somente superado pelo Dia de Ação de Graças. Desde o 11 de setembro, a segurança do evento é feita pelo Serviço Secreto do país. Antes da partida, um artista canta, a capela, o Hino Nacional “Star Spangled Banner” – Barry Manilow, Beyoncé, Billy Joel, Diana Ross, Mariah Carey, Marvin Gaye, Neil Diamond e Whitney Houston já tiveram esse privilégio. Também nos intervalos, estrelas como Michael Jackson, The Who e Rolling Stones já deram sua “canja”.

Partipe da enquete ao lado do Blog do Refri


No Twitter: @BlogdoRefri









sábado, 18 de setembro de 2010

Sábado é dia de cineminha, pipoca e guaraná


Que programa legal...

A primeira dica já está no título desta postagem. O filme que você vai ver foi criado pela DM9 - a agência de Nizan Guanaes - em 91. "Pipoca com Guaraná", ganhou o prêmio "Lâmpada de Ouro" na décima terceira edição do Festival Brasileiro do Filme Publicitário e o Grande Prêmio Cidade do Rio de Janeiro. Além de aumentar a fatia de mercado do Guaraná Antarctica, a campanha estimulou o hábito de consumir o refrigerante com uma boa pipoquinha.

O comercial, na versão de 30 segundos, tem produção da Film, fotografia do Michel Chevalier e direção de Flávia Moraes. O jingle irresistível foi produzido pela MCR - e tem autoria de Campa, Mineiro e Brunetti - e começa assim: "pipoca na panela, começa a rebentar/ pipoca com sal, que sede que dá/pipoca e guaraná que programa legal..." . Um sucesso! O filme foi apontado como um dos "7 Mais" da publicidade brasileira - acho o termo "propaganda" inadequado para consumo - em pesquisa da revista About. Irresistível como pipoca e guaraná...

video


Participe da enquete ao lado sobre o visual do blog...

No Twitter: @BlogdoRefri

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Coca-Cola, enquete e kiwi




Para Interbrand marca mais valiosa é a Coca-Cola

Além dos rankings famosos como os produzidos pela revista Forbes e pela consultoria de marcas Milward Brown, também a consultoria Interbrand faz a sua avaliação de marcas mundiais. E pelos seus critérios, a Coca-Cola foi eleita a mais valiosa do mundo - US$ 70,452 bilhões – ficando à frente da IBM, Microsoft, Google, GE, McDonald’s, Intel, Nokia, Disney e HP, as dez maiores em 2010. Isso significa dizer que a marca do fabricante vale mais que todo o seu patrimônio - fábricas, veículos etc - em todo o mundo. Entre os destaques desta edição estão o crescimento de 37% da marca Apple - avaliada em US$ 21,143 bilhões - em 17º lugar. Já a Harley Davidson foi a que apresentou a maior queda, 24%. Entre as marcas mundiais que aparecem pela primeira vez na lista estão a Sprite, em 61º lugar. Nenhuma marca brasileira está no ranking.

Tem enquete no ar: participe

Estamos pensando – no plural sempre impressiona mais - em alterar a cara do blog. Mas antes queríamos (!) saber sua opinião. A partir de suas impressões partiremos (...) ou não para algumas mudanças. Participe da enquete bem aí ao lado, ok?

Down Under

Brasileiros na Nova Zelândia estão lendo o Blog do Refri. A terra do Kiwi – não a fruta mas o pássaro – está lá do outro lado do mundo mas tão perto apesar dos quase 18 mil quilômetros de distância.

Amanhã tem um comercial imperdível aqui pra matar saudades!!!


No Twitter: @BlogdoRefri



quinta-feira, 16 de setembro de 2010

O ovo de Colombo e a surra no McDonald's



O ovo de Colombo do terceiro milênio

Essa ideia ecológica foi enviada pelo empresário de música, surfista e jornalista Marco Aurélio Ramidan – e Top Five na lista dos meus amigos. É muito simples. Pena que a gente não tenha pensado nisso antes. Sabe aquele saquinho de amendoim, biscoito – ou de qualquer outro salgadinho - que a gente nunca consome até o final? Aí o que a gente faz? Guarda num zip, passa um durex (atenção lusófonos: “durex” no Brasil é fita adesiva, tá? – e não preservativo) ou então um pregador de roupa (método adotado lá em casa).

Para tornar o saquinho absolutamente hermético corte a parte superior de uma garrafa PET com uma tesoura – mantendo o gargalo e a tampinha. Isso feito, insira o saco plástico no gargalo (sem duplo sentido!) e feche com a tampinha em seguida. Pronto. Você já tinha pensado nisso? Simples, né? E como diz o Ramidan: O meio ambiente agradece.




Pegaram pesado nesta campanha

O grupo Physicians Committee for Responsible Medicine (PSA) ou Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável, dos EUA, pegou pesado nesta campanha educativa para evitar problemas de saúde como pressão alta e obesidade. Além do tema pra lá de deprimente, o filme faz uma piada com o slogan “I’m lovin’ it” do McDonald’s. A rede de fast food reagiu e afirma que a campanha é ultrajante e enganosa. Antes que tirem o comercial de circulação, o Blog do Refri capturou o filme. Nunca se sabe...

video


No Twitter: @BlogdoRefri

Em busca da sustentabilidade...



Refrigerantes com mais natureza engarrafada

No momento em que lança a plant-bottle no Brasil, a Coca-Cola faz estudos de âmbito mundial para analisar seus impactos industriais no meio ambiente. Em parceria com o grupo The Nature Conservancy, está sendo feita a pesquisa “Water footprint” para avaliar os gastos e desperdício de água em toda cadeia de produção até a chegada às mãos do consumidor.

O fabricante vê na iniciativa a chance obter mais sustentabilidade na fase de agricultura de itens como cana de açúcar, milho e laranja. Como não dá pra falar de Coca-Cola sem citar a concorrência, é bom destacar que a Pepsi também entrou na trilha das boas práticas, anunciando a criação da linha de produtos Pepsi Raw – com a introdução de ingredientes “naturebas” na composição de alguns de seus refrigerantes.
Blog do Refri é do Peru
E também do Japão. Temos agora leitores do outro lado do mundo e também na terra do Mário. Antes que você pergunte "Que Mário?" esclarecemos: Mário Vargas Llosa. Chiquérrimo...


No Twitter: @BlogdoRefri




.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Aconteceu, virou manchete...



Palmeiras anuncia patrocinador esta semana

A agência Talent está à frente das negociações para o patrocínio nas mangas do uniforme do Palmeiras - clube conhecido como "porco". A nova marca será revelada nos próximos dias. A informação é do jornalista Guilherme Barros, do portal de notícias do IG. A necessidade de negociar o espaço surgiu depois da contratação do meio-campista chileno Valdívia, um investimento caro para o clube paulistano. Especula-se que alguma marca do setor de bebidas esteja no páreo. O anúncio naquele pequeno espaço custará a bagatela de R$ 10 milhões – nada mal por uma manga.

Água mineral consome menos água na produção

A Federação Europeia de Água Mineral (EFBW na sigla em inglês) publicou pesquisa destacando a eficiência da embalagem PET para a manutenção das propriedades do produto e também pela sua eficiência energética e consequente preservação dos recursos naturais.

A BeverageDaily – um portal de bebidas nos moldes que o Blog do Refri deseja ser um dia – revelou que grupos ambientalistas têm criticado os produtores de águas minerais alegando que a água da torneira é uma maneira muito mais sustentável para saciar a sede dos consumidores. Da torneira deles, claro.

Em termos de eficiência energética, o relatório EBFW alegou que a água engarrafada tinha a menor “pegada” de carbono de todas as bebidas embaladas – agredindo menos o meio ambiente e consumindo menos água em sua produção.


“Buemba Buemba”


Empresa especializada em soluções de marketing, a Progressive Digital Media acaba de anunciar que concluiu a aquisição/fusão da Canadean Liquid Intelligence, empresa de pesquisa de mercado especializada em bebidas. A venda ficou na casa dos US$ 9 milhões. A Progressive vê o empreendimento como uma oportunidade de expandir para setores globais associados com o mercado de bebidas e indústrias fornecedoras.

No Twitter: @BlogdoRefri

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Novidades para começar a semana



Energético da Convenção já está no mercado

Conforme noticiamos aqui no dia dez de agosto, a empresa Refrigerantes Convenção está lançando seu energético voltado para as classes C e D. A Linha MSX Energético Radical é oferecido nas versões 350 ml e 2 litros. A estratégia de lançamento do produto prevê a degustação em supermercados. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas não álcoólicas (Abir) foram produzidos 60 milhões de litros de energéticos em 2009. A previsão é de um aumento de 40% - chegando a 83 milhões de litros este ano.

A Refrigerantes Convenção tem 64 produtos em seu portfólio nas linhas de refrigerantes e refrescos, entre eles Guaraná Convenção, Vitt´s, HCon, Guaraná Amazon Convenção e Água Doce Vida.

Emprego industrial alcança maior nível para julho, aponta o IBGE

O crescimento do emprego na indústria em julho foi de 5,4% em relação ao mesmo período de 2009. É o que revela a Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A principal influência positiva foi observada em São Paulo (5,2%), com destaque para os setores de alimentos e bebidas (8,7%), de meios de transporte (11,4%) e de máquinas e equipamentos (9,5%).

Essa é a sétima taxa positiva consecutiva. Segundo a pesquisa, o indicador acumulado no ano é de 2,9% e, nos últimos 12 meses, de -0,5%.

Ah, moleque! Esse Blog do Refri está assanhado...

Brasileiros que vivem na Espanha, Portugal, Polônia, Itália, Holanda, Alemanha, França, Reino Unido, Qatar, Índia, Indonésia, Filipinas, Israel, Argentina, Estados Unidos, Guatemala e também moçambicanos e caboverdianos leem o Blog do Refri, além dos nossos amigos em todo o Brasil.
No Twitter: @BlogdoRefri

sábado, 11 de setembro de 2010

Comerciais de guaraná em preto e branco

Nostalgia total nos filmes de refri deste sábado

Sábado é dia de cinema no Blog do Refri. Hoje, a sessão é toda em preto e branco. Começamos com um “case” de sucesso criado pela Almap para o guaraná Antarctica em 1971. O personagem Teobaldo – interpretado pelo ator Roberto Marquis – conquistou o país com a expressão Boko-moko que significava “cafona”, fora de moda. Era uma tentativa de tornar o produto mais identificado com o público adolescente – só as crianças e os idosos consumiam guaraná – e melhorar sua imagem, prejudicada pela velha garrafa com rótulo de papel, semelhante à de cerveja. A campanha foi um sucesso, reposicionou o produto, valeu um Prêmio Colunistas e o bordão Boko-moko ganhou as ruas. Por muitos anos, Teobaldo foi personagem do programa “A praça é Nossa”. Hoje, ele é um senhorzinho de 72 anos.
video


O Guaraná Brahma era o carro-chefe dos refrigerantes do fabricante que tinha como matriz a Rua Marquês de Sapucaí – a Filial Rio. Da linha de produtos – que incluía além do guaraná, também o Limão Brahma – somente a Sukita sobreviveu. A criação da Ambev privilegiou as marcas mais fortes e os similares da Antarctica acabaram ficando no mercado. O slogan “O bom demais” é de 1979. Este é um dos últimos filmes em PB. No ano seguinte, todos os programas e também os comerciais já eram em cores. Olha o “topetinho” do moleque e vê se ele não parece o Justin Bieber...
video





No Twitter: @BlogdoRefri

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

As caixinhas coloridas com suco de verdade


do bem: sucos de frutas naturais e sem conservantes

Circulando em alguns lugares do Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba, o consumidor corre o risco de topar com caixinhas coloridas e simpáticas com a inscrição do bem. Dentro da embalagem longa-vida o que ele encontra é puro suco de fruta – sem adição de água, açúcar ou conservantes. A proposta da do bem é fazer as melhores bebidas naturais do mundo. Os sabores são: laranja, uva integral, limonada, suco misto de mamão, laranja, maçã e banana e suco misto de açaí, morango, maçã e guaraná. Tem ainda chá mate com suco de limão.

Desde a fruta fresca ao processo de fazer o suco, passando pela pasteurização e pela embalagem consciente – o texto é deles – a do bem busca uma relação mais direta com o consumidor “sem e-mails automáticos, sem vozes digitalizadas no telefone, nem respostas prontas. Porque sentimos que nosso mundo está precisando disso. Mais respeito à natureza e ao ser humano”, avisam. Os produtos são oferecidos nas embalagens de 200 ml – cujos preços variam entre R$ 2,50 e R$ 2,70 – e de um litro – que variam entre R$ 5,99 e R$ 7,99 dependendo do sabor. No site http://www.dobem.com/ e clicando na aba “porque a gente é diferente” é possível ver que os concorrentes – Poli, BB e Bibi – praticam preços até 100% mais caros.

No Rio, as caixinhas coloridas estão nos supermercados Zona Sul, Mundo Verde, Armazém do Café, Rubro Café e mais de 600 lojas espalhadas pela cidade. Em São Paulo, nas lojas da rede St. Marche no Morumbi, Alto de Pinheiros, Granja Viana e Panambi. Em Curitiba, no Família Farinha e na Speedee Distribuidora no Bairro Alto. “Nós sabemos que precisamos melhorar muito nossa distribuição. Estamos trabalhando dia e noite”, revela Andréia Martinz que coordena o marketing da empresa. Por motivos estratégicos a empresa não revela números sobre a produção. Veja abaixo o filme caprichadíssimo utilizando a técnica tabletop (quadro a quadro) que eles fizeram para apresentar seus produtos:

video

Amanhã: sábado é dia de cinema - três comerciais de guaraná. Não perca

No Twitter: @BlogdoRefri

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Preços diet/light engordam custos do consumidor

Refrigerantes sem açúcar também são mais caros


Pesquisas recentes indicam que o brasileiro vem ganhando peso nos últimos anos e a opção pela linha de alimentos light e diet deverá conquistar novos consumidores. Mas enquanto tais alimentos podem ajudar a frear o avanço do ponteiro da balança o que passa a engordar são os gastos.

Segundo levantamento feito pelo economista da FGV André Braz, na hora de comprar, o preço de um produto light/diet pode ser 26,76% mais caro que a versão comum, como no caso dos iogurtes. A menor diferença foi verificada para os refrigerantes, cuja versão light/diet pode ser em média, 6,17% mais cara.

As variações dos preços de uma seleção de produtos comuns e de seus similares light/diet foram próximas entre setembro de 2009 e agosto de 2010. A primeira categoria caiu 8,79%, enquanto os produtos para dieta caíram 6,31%.



No Twitter: @BlogdoRefri


quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Happiness machines e vending machines

Máquinas para rir e jogar e... consumir


O fabricante de refrigerantes do Reino Unido Britvic vai equipar quatro cidades inglesas – Londres, Birmingham, Bristol e Manchester - com máquinas inteligentes que irão interagir com os consumidores avaliando sua a agilidade mental e recompensando-os com bebidas grátis.

Segundo a revista Marketing Week, as máquinas serão equipadas com uma série de jogos – como quebra-cabeças – que desafiarão o consumidor. As máquinas serão instaladas em shopping centers e estações de trens com garrafas do produto Juicy Drench que será dado de prêmio aos que forem capazes de resolver os enigmas. O objetivo é interagir com o consumidor proporcionando um pouco de diversão.
Em junho, a Unilever instalou vending machines com tecnologia de reconhecimento facial: o cliente que sorria diante da máquina ganhava um sorvete. Já a Coca-Cola lançou ontem, também na terra da rainha, o filme com o resultado da campanha viral “Open Happiness”. Os personagens do comercial são os estudantes e jovens surpreendidos pelas “Happiness Machines” espalhadas em diversos pontos do reino.
No Twitter: @BlogdoRefri

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Kinoplex trata espectadores como Cães e Gatos


Kinoplex trata espectadores “Como Cães e Gatos”

Essa é a impressão que se tem ao chegar aos cinemas Luis Severiano Ribeiro do Shopping Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro. A fila desce um andar inteiro pela escada rolante – providencialmente desligada. Quando “abre a porteira”, antes da primeira sessão, forma-se outra enorme fila para comprar ingressos. Mais de 200 pessoas. Diante delas, acredite, apenas uma moça no caixa. Isso mesmo. Os que se queixam ao gerente ouvem a desculpa: “os funcionários atrasaram”. E ainda oferece o site http://www.severianoribeiro.com.br/ para reclamações. Uma farra! Parodiando os filmes em cartaz, o gerente seria “Meu Malvado Favorito”, já o cinema, “5x Favela”. Melhor seria ficar em “Nosso Lar”.

Outra coisa que deixa o Blog do Refri intrigado é o preço de refrigerantes e pipocas no cinema. Com o ingresso custando R$ 16 – com direito à exibição de um filme e a ocupação de uma cadeira por quase duas horas – como pode um saco de pipoca e um copo de refrigerante do pacote Combo Mega Duplo custar mais caro que a entrada, R$ 16,50?

Mudando de assunto, agora já dentro do cinema, o filme “Como Cães e Gatos 2” é um festival de merchandising da marca Coca-Cola. Os animais não consomem o produto mas a latinha e a marca estão sempre em quadro. Nada contra. Mostra a força de venda da sétima arte.


Grupo “War” abre guerra contra Pepsi
No dia 21 de julho, você soube aqui no blog que a Pepsi produziu o remake de um comercial de Pepsi Maxx no qual dois funcionários – um da Pepsi e outro de sua maior rival – se encontram numa bar ao som da música “Why can’t we be friends”. Pois é, pois a banda War – que gravou o hit – pede uma indenização de US$ 10 milhões - o equivalente a R$ 17,43 milhões - pelo uso da canção sem o devido acerto de pagamento dos direitos pelo uso da trilha. Em nota oficial, publicada pelo site TMZ, a empresa afirmou que o processo não tem mérito diante da longa história de parceria da Pepsi com celebridades icônicas e suas músicas.
No Twitter: @BlogdoRefri

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Você não sabia mas já existe: A água aditivada para cães e gatos e o centro de pesquisas Gatorade

Pets ganham água com vitaminas

Atuando no mercado desde 1952, com muitos de seus produtos certificados com o selo “kosher” – que atende às leis alimentares do judaísmo - a Cott Corporation lança a primeira água fortificada para pets. O produto é enriquecido com vitaminas e oferece benefícios funcionais para os ossos, juntas, pele e o hálito dos animais.

Depois de 18 meses de pesquisa, a água aditivada chega às pet shops nos sabores menta, manteiga de amendoim (aquilo que os americanos adoram) e salsinha. A Cott é o quarto maior fabricante de refrigerantes do mundo. Miau.


Gatorade, mais que uma bebida

Fundado em 1998, o Gatorade Sports Science Institute (GSSI) é um centro de pesquisa em Barrington, Illinois, que tem a missão de desenvolver ações para ajudar a aperfeiçoar a saúde, a nutrição e o desempenho dos atletas. O instituto conta com cientistas, médicos e especialistas em medicina esportiva que desenvolvem pesquisas sobre a funcionalidade de bebidas esportivas, a prevenção da desidratação e das doenças provocadas pelo calor e perda de minerais no organismo.

Mais de cem mil profissionais ligados ao esporte e à saúde recebem informações e publicações do GSSI em 140 países. “Você não sabia mas já existe”...
No Twitter: @BlogdoRefri

sábado, 4 de setembro de 2010

Sábado é dia de cinema...


Cinema, refri e pipoca

Sábado é dia de pipoca e cineminha também no Blog do Refri. Começamos com o comercial do Diet Irn Bru – produto escocês que você conheceu aqui no sábado passado. O grande diferencial do produto são seus comerciais hilários. Veja o mico que esse sujeito paga para chamar a atenção das duas gatas.


video

Na década de 70, a embalagem pet foi uma grande novidade. Diversos produtos traziam no rótulo a expressão “inquebrável”, o grande diferencial em relação à garrafa de vidro. Veja esse filme de Schweppes na Austrália.

video

E para encerrar, peço licença para exibir um comercial que não é de refrigerante mas de um produto que vai muito bem com ele. Mas vale exibir pela importância e também pelo desempenho do “ator” principal. Criado pela AMV BBDO, de Londres, para promover o novo sabor "extra crunchy” do salgadinho Walkers. o filme utiliza de uma versão especial e divertida do hit "Say you, say me". O cantor Lionel Ritchie – aquele do Commodores - atua ao lado do garoto-propaganda da marca, o ex-jogador de futebol inglês, Gary Lineker. Muito engraçado.

video


No Twitter: @BlogdoRefri

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Pau na Coca-Cola e Viva a Coca-Cola!


David e Golias no mercado de refri...


A Associação de Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebrás) entrou com denúncia na Secretaria de Direito Econômico (SDE) contra o que chamou de práticas anticoncorrenciais que teriam sido praticadas pela Coca-Cola junto a varejistas da região Sul que teriam prejudicado as vendas de outras marcas de refrigerantes. Uma franqueada do fabricante – a Vonpar – teria criado o programa “Clube de Parceiros” oferecendo vantagens e benefícios aos pontos de venda.

Segundo matéria de O Estado de São Paulo, as lojas com maior volume de vendas receberiam prêmios, como TVs de plasma, descontos em uma loja de eletrônicos, concorrendo ainda a um automóvel. O artifício prejudicou a venda das “tubaínas” – os refrigerantes regionais. A Associação, com 136 fabricantes filiados alega que a prática é desleal uma vez que os pequenos fabricantes não têm fôlego para fazer frente aos estímulos da multinacional.


Coca-Cola lança pet de cana este mês

Já falamos sobre isso aqui no dia 30 de abril – antecipando tendências. Mas como a Coca-Cola vai lançar nos próximos dias sua Plantbottle nunca é demais voltar ao assunto. A garrafa pet 100% reciclável, feita do etanol de cana-de-açúcar – substituindo o petróleo na sua fabricação - teve campanha desenvolvida pela DPZ para mídias impressas e digitais. O slogan é “Ontem fui planta, hoje sou pet”.

Amanhã é dia de cineminha aqui no blog. Não perca!



Twitter: @BlogdoRefri

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Curtinhas: Sprite, H2OH! e uma colher de chá...

H2OH!

O refrigerante H2OH! lança nos próximos dias a garrafa pet de um litro no Sul e Sudeste. A opção é resultado de pesquisa comprovando a diminuição das famílias – reflexo do menor número de nascimentos – e a expansão da classe média, fato motivado pelos bons resultados da Economia. A nova embalagem se junta às garrafas de 500 ml, 1,5 litro e dois litros.

Chá tradicional mais eficaz que engarrafados ou enlatados

Pesquisadores de New Jersey, nos Estados Unidos, revelam que – ainda que refrescante para um dia quente de verão - a maioria dos chás gelados não traz os benefícios à saúde que uma tradicional xícara de chá pode oferecer.

Mais da metade das 49 marcas estudadas continha menos de 10 miligramas do antioxidante polifenol, segundo informa a consultoria Canadean Liquid Intelligence. O consumo mínimo ideal do composto é de 125 mg por dia. Já a típica xícara de chá – obtida por infusão – contém entre 50 e 100 mg do antioxidante. Ou seja, para consumir um volume considerável e que faça bem à saúde – combatendo radicais livres – o consumidor terá de beber dez garrafas de chá, o que significa uma grande quantidade de caloria e cafeína. Se correr o bicho pega, se ficar...

Spriteeee...

Tem assinatura da WMcCann e produção da Spray Filmes o novo comercial de Sprite nas versões de 60 segundos e 15 segundos para TV, web e cinema.



No Twitter: @BlogdoRefri

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

O concurso que nada vale e as colas da velha "cortina de ferro"...



Não gostou? Então faça!

Este é o tema do desafio que vai dar uma chance aos desenhistas brasileiros que detestaram o logotipo da Copa de 2014. A campanha foi motivada pela repercussão negativa e pelas piadas que surgiram após a apresentação da marca durante evento de encerramento da Copa da África do Sul.


O Portal 2014 – ligado ao Sindicato Nacional da Arquitetura e da Engenharia (Sinaenco) lançou a campanha "Não gostou? Então faça". A ideia é dar a oportunidade para artistas gráficos, desenhistas e estudantes. Quem fizer a melhor marca vai ganhar R$ 3 mil. O prêmio não garante que a peça vencedora desbanque aquela que lembra o Chico Xavier em transe, uma vez que a promoção não tem vínculo com a CBF – ou seu patrocinador, o Guaraná Antarctica - ou mesmo com o Comitê Organizador Local da Copa 2014. Já são 176 desenhos – muitos deles de gosto duvidoso - inscritos no hotsite www.copa2014.org.br/desafio. Cada participante poderá concorrer com três obras enviadas até o dia 20 de outubro.

O sabor cola na antiga “cortina de ferro” e o Ginger Ale dos Alpes


Essa pauta foi sugerida por um amigo, o alemão Andreas e é ele quem começa: “Vendo que "sem cola nada cola", os líderes da "República Democrática da Alemanha"- fiéis à trilogia ‘pão, circo e cola’, apressaram-se a criar o "espelho socialista" da Coca-Cola, a Vita-Cola nos anos 50.


O produto, lançado em 1957, manteve em segredo a sua fórmula a exemplo das gigantes do sabor cola. Com a derrubada do muro de Berlim em 89, a Vita-Cola conheceu o declínio com o ingresso das grandes marcas. Mas voltou ao mercado cinco anos depois graças a uma onda de nostalgia por alguns produtos da velha Alemanha Oriental, sentimento este que não deve ter contemplado o horroroso automóvel Trabant. A Vita-Cola mantém o sabor, mas acrescido de limão e cheiro de frutas. “Até os Soviet russos, já nos 70, cederam à pressão produzindo o Baikal", ressalta Andreas. Era um clone da Pepsi e quando a marca norte-americana ingressou no mercado soviético, em 73, o Baikal teve sua fórmula alterada.


“Já a Áustria tem a sua Ginger Ale: a Almdudler”, lembra Andreas. A original, de 57, era uma bebida carbonatada – como todos os refrigerantes – com concentrados de sucos de uva e maçã aromatizados com ervas. A bebida é um sucesso no país, com 80 milhões de litros produzidos por ano, e somente superada em vendas pela Coca-Cola. Traduzindo Almdudler seria algo como “cantando nos prados alpinos”, ou seja, uma delícia. O produto encontra mercados na Suíça, Alemanha, Hungria, Bélgica, Holanda, Austrália e até nos Estados Unidos. A bebida tem como slogan a frase: “Se não tem Almdudler eu volto pra casa”.


No Twitter: @BlogdoRefri