terça-feira, 1 de março de 2011

Solteiras e viúvas de plantão: bom partido na área...


Red Bull te dá asas e dono da empresa sai voando

O Dono da Red Bull é o homem de negócios mais influente do esporte mundial. Dietrich Mateschitz foi eleito pelo grupo “Sportbusiness”, uma referência da indústria esportiva mundial. Proprietário da equipe RBR, de Fórmula Um, o austríaco, de 67 anos, é solteiro e tem também uma equipe na Nascar chamada Red Bull Racing Team. Apesar do título, “Diti” comanda seus negócios com discrição para não ofuscar a marca.

No final da temporada passada da F-1, o empresário não permitiu que se fizesse “jogo de equipe” para beneficiar seu piloto Mark Webber. Por um golpe de sorte, o segundo piloto, Sebastian Vettel – mais jovem e com maior identificação com o público consumidor do energético – ficou com o título, superando os pontos do “parceiro” na última prova do campeonato.

A fortuna de “Diti” é avaliada em US$ 4,1 bilhões – o equivalente a R$ 6,91 bilhões (ao câmbio de ontem) que lhe garante o 208º lugar na lista dos bilionários da Forbes. Praticamente um pobretão se comparado ao mexicano Carlos Slim e aos americanos Bill Gates e Warren Buffet, com fortunas que superam os U$S 50 bilhões – ou seja, mais de R$ 84,3 bilhões.

Coca-Cola vai vender café

Em entrevista ao Jornal “O Globo” no fim de semana, o presidente da divisão da Coca-Cola para a América Latina comemorou o crescimento de 11% da empresa no país em 2010 – mais que o dobro do registrado no mundo. Empolgado com o crescimento da Classe C no Brasil, o mexicano José Octavio Reyes anunciou que vai vender aqui café pronto para beber – quente e gelado.

Prezado “Zeca meu rei” - como diriam os baianos - aproveita e lança aquela delícia da Coca-Cola Black no Brasil (Coca-Cola sabor café) que é uma das coisas mais gostosas que este blog já bebeu na vida, valeu?

Promessa é dívida


Ontem ficamos devendo um dos novos filmes da campanha do Mc Donald's. Taí. Confira:


video

Nenhum comentário:

Postar um comentário